Aparelho Ortodôntico

O aparelho convencional é um dos tratamentos ortodônticos mais utilizados para o alinhamento dos dentes, sendo o mais usado pelos que desejam um sorriso perfeito. 

Saiba mais sobre ele, seus tipos, cuidados, tempo de uso e preço:

Aparelho convencional, o que é?

O aparelho convencional, também chamado de aparelho metálico ou até mesmo aparelho fixo, é o modelo mais comum indicado para o tratamento do desalinhamento dos dentes. 

Ele utiliza borrachinhas, possuindo várias opções de cores que são trocadas a cada consulta de manutenção. Elas prendem o fio ortodôntico ao braquete, as famosas pecinhas metálicas, realizando a correção dos dentes devido a pressão exercida pelos elásticos juntamente com o fio. 

Pelo fato de utilizar borrachinhas e elas “relaxarem” com o uso, elas necessitam de serem trocadas, normalmente num período de 30 a 45 dias durante as manutenções.

O aparelho ortodôntico também possui outras opções, sendo elas o convencional, o estético e o autoligado. Então, qual delas escolher?

Aparelho convencional, autoligado ou estético?

O aparelho convencional, normalmente é o primeiro que vem à cabeça. Já que geralmente, ao se pensar em aparelhos, logo lembramos daquele clássico, do fio e braquetes de metal com as borrachinhas coloridas.

Ele acaba sendo a melhor opção para os que buscam um tratamento mais em conta, já que por ser mais básico que as outras opções, acaba sendo mais barato também. 

O estético é similar ao aparelho convencional, porém possui braquetes com a cor mais clara, tentando se aproximar da cor dos dentes do paciente, isso acaba deixando-o mais discreto, e agradando aos que procuram algo mais básico e menos chamativo.

Por conta de suas peças serem mais caras, ele acaba sendo a opção menos econômica das três, mas é a melhor opção para quem busca um visual mais discreto. 

O aparelho autoligado também é parecido com o convencional, mas ele não faz o uso das famosas borrachinhas. Isso acontece por ele usar de recursos mais modernos nos braquetes e no fio que liga todas as peças.

Como o aparelho convencional faz uso de elásticos, ele precisa de trocas mensais. Uma vez que o autoligado não faz uso deles, ele acaba exigindo menos idas ao dentista. Tornando-o uma boa opção para quem procura passar menos tempo no consultório.

Como saber se preciso usar aparelho?

A decisão sobre precisar ou não utilizar um aparelho ortodôntico, deve ser feita por um dentista especializado.

Depois de marcar uma consulta, o dentista avaliará o caso do paciente, examinando e anotando suas principais queixas. Sendo as mais comuns:

  • Dentes tortos e/ou separados.
  • Mordida inadequada.
  • Dores na mandíbula.
  • Dores de cabeça.
  • Dores no ouvido.

Depois do atendimento, ele pedirá alguns exames para determinar a necessidade do paciente. Após a avaliação dos exames, o profissional irá definir o método de tratamento necessário.

Qual o tempo de uso aparelho convencional?

O tratamento com o aparelho convencional, normalmente tem duração de 12 a 24 meses, podendo variar para mais ou menos. Sendo mais exato, o tempo mínimo que uma pessoa usa o aparelho convencional é de 8 meses e o tempo máximo de 30 meses, o que raramente ocorre.

Como limpar o aparelho convencional?

A limpeza ideal do aparelho convencional, é feita através de movimentos verticais, de cima para baixo, puxando a escova desde a gengiva até o fim do dente. 

Também é altamente recomendado o uso de fio dental, já que ele consegue remover os resíduos nos lugares onde a escova nem sempre alcança, como por exemplo, entre os dentes. 

A utilização do fio dental dos usuários de aparelho convencional pode ser um pouco complicada, devido ao fio de metal do aparelho atrapalhar o uso dele de maneira usual.

Por isso, existe uma espécie de agulha plástica que serve para auxiliar o seu uso, facilitando a inserção do fio dental entre o fio metálico do aparelho e os dentes.

O que deve ser feito após a retirada do aparelho convencional?

Após o aparelho convencional ser retirado, a tendência natural dos dentes é retornar para o estado original. Para evitar que isso ocorra, deve-se fazer o uso de contenções, que servem como um suporte para os dentes. 

Diferentemente do aparelho, a contenção não serve para mudar a posição dos dentes, ela serve para manter os dentes no lugar pós-tratamento. 

Normalmente, o período de uso da contenção é igual ao tempo de uso do aparelho convencional. Ela possui diferentes modelos, sendo eles:

  • Contenção fixa

A contenção fixa normalmente é colocada nos dentes inferiores, apesar de existirem casos em que ocorre o contrário. Ela é composta por um fio metálico, que pode ser reto ou ondulado, e fica presa na parte interna dos dentes, ou seja, o lado que tem contato direto com a língua.

  • Contenção móvel

A contenção móvel é uma peça feita de acrílico com um fio metálico de uma extremidade a outra, contornando parte do acrílico. Sendo ela modelada para se encaixar no céu da boca do usuário e o fio metálico para ser a parte visível, que passa na frente dos dentes.

aparelho ortodôntico convencional

Quanto custa um aparelho ortodôntico convencional?

O aparelho convencional tem um custo inicial que pode variar entre R$ 500 (quinhentos reais) a R$ 1.000 (mil reais), sendo que a manutenção mensal varia entre R$ 100 (cem reais) a R$ 250 (duzentos e cinquenta reais). E o aparelho de contenção custa cerca de R$ 750 (setecentos e cinquenta reais).

Visitas regulares ao dentista

Para complementar a limpeza feita em casa, também é recomendado idas regulares ao dentista, para efetuar a limpeza complementar, normalmente de 6 em 6 meses.

É somente por meio das limpezas periódicas realizadas por um dentista que conseguimos ter acesso aos cuidados completos, necessários para uma limpeza ideal dos dentes, com ou sem aparelho ortodôntico. Também podendo identificar e tratar possíveis problemas oriundos da higienização incompleta, como por exemplo, placas e tártaro.

Percebendo algum sinal de inadequação na higienização feita em casa, o dentista faz indicações e orientações para o melhor desempenho dela.

É por meio dessa frequência que pode-se garantir a saúde total dos dentes, prevenindo possíveis problemas que são derivados da limpeza incompleta e garantindo a saúde total dos dentes.

plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Deixe um comentário