Aparelho Ortodôntico

O aparelho invisível é um dos principais tipos de tratamento ortodôntico, sendo uma das principais alternativas ao modelo tradicional metálico.

Conheça aqui tudo sobre esse tipo de aparelho, como funciona, quais são seus benefícios, antes e depois e quanto custa:

O que é o aparelho invisível?

O aparelho invisível é uma das opções favoritas na hora de se submeter a um tratamento ortodôntico. Isso se deve ao fato de que muitas pessoas desanimam de iniciar a correção pelo uso de aparelhos metálicos, que podem incomodar e comprometer a aparência e autoestima.

O grande diferencial do modelo invisível é a sua composição por uma placa de plástico transparente e removível, igualmente eficaz do que o aparelho de braquete e borrachinhas.

Assim como o aparelho convencional, o aparelho invisível irá atuar na correção de dentes desalinhados, contudo será indicado em casos leves.

O tempo de uso do aparelho invisível é bastante variável e geralmente pode ir de 4 a 12 meses.

Os aparelhos invisíveis utilizam de um método patenteado chamado Invisalign®, e que deve ser seguido por todas as clínicas odontológicas que prestam esse tipo de serviço.

como funciona o tratamento com aparelho invisível

Como funciona o tratamento com aparelho invisível?

Ao contrário do que muitos pensam, o uso do aparelho invisível removível também deve ser feito considerando algumas orientações para que se obtenha resultados satisfatórios.

As moldeiras devem ser usadas diariamente, inclusive durante o sono. Em alguns casos, esse modelo pode ser usado como modelo de contenção, podendo ser usado apenas durante o sono.

A remoção do aparelho deve ser feita na hora da alimentação e higienização não só bucal, mas também do acessório.

Para se iniciar a abordagem pelas moldeiras, o dentista realiza um mapeamento 3D da boca, possibilitando que as fases do tratamento sejam planejadas e que o resultado final seja perceptível por meio do uso de software.

Dessa forma, para a confecção das moldeiras, é feito um molde da arcada superior do paciente, sendo ele encaminhado para a fabricação de um kit para que a troca possa ser feita mesmo em casa. O indicado é que a moldeira seja trocada a cada período de 15 dias.

Assim como o modelo tradicional, mesmo que as trocas possam ser feitas em casa, as visitas ao dentista devem ser periódicas para que haja o acompanhamento e a confirmação de que a correção está ocorrendo de forma satisfatória. Caso o contrário, o dentista poderá recorrer a outro tipo de aparelho ortodôntico. O indicado é que as visitas ocorram a cada 2 meses.

É necessário que o formato da moldeira mude com o tempo, já que o formato do arco dentário vai sendo alterado com o tempo.

A espessura do aparelho é previamente programada para ser capaz de realizar uma força suficiente para que haja os movimentos corretos da arcada dentária. Assim sendo, a movimentação pode ser feita em menos tempo.

Por fim, vale ressaltar que ao ser encaminhado para esse tipo de tratamento, o paciente deverá recorrer a um acompanhamento clínico e a exames como o de sangue. O odontologista também precisará de uma documentação completa, com fotografias intra e extraorais.

Alinhadores transparentes e aparelho invisível, qual a diferença?

Mesmo tendo nomes de associação parecida, os alinhadores transparentes e aparelho invisível não se tratam do mesmo tipo de abordagem de correção ortodôntica. Dessa forma, mesmo possuindo o mesmo objetivo de tratamento, os dois tipos de aparelho são diferentes.

Enquanto o aparelho invisível se trata de uma película transparente removível, o alinhador transparente é fixado aos dentes, contudo, possui peças transparentes, tornando o processo mais estético. Vale ressaltar que a manutenção dos alinhadores, tal como o aparelho tradicional, deve ser mensal para a troca periódica das peças.

Ambos são soluções para quem deseja passar pela correção do alinhamento dentário de forma mais discreta. 

Quando o aparelho invisível é indicado?

Como dito, o aparelho invisível é indicado para pequenas correções. Entre as possíveis indicações estão:

  •         Má oclusão dentária leve;
  •         Apinhamento moderado;
  •         Diastemas;
  •         Sobremordida e mordida profunda;
  •         Trespasse vertical aumentado;
  •         Alguns casos de mordidas abertas (anterior e posterior);
  •         Sobremordida ou mordida profunda;
  •         Casos leves de extrusões dentárias.

Portanto, o aparelho invisível vai ser indicado em caso de dentes encavalados, desvio no crescimento e no desenvolvimento da dentição.

Pessoas adultas e que precisam de uma maior discrepância seja por preferência pessoal ou por exigência profissional também estão entre as principais indicações.

Quais são suas vantagens?

Principalmente em relação ao aparelho metálico, o aparelho invisível se mostra bem vantajoso. Entre suas vantagens estão:

  •         Conforto;
  •         Melhor estética;
  •         Confiança e autoestima durante o tratamento;
  •         Resultados rápidos e satisfatórios;
  •         Higiene bucal descomplicada;
  •         Boa resistência e durabilidade;
  •         Fácil manuseio e armazenamento.

Contudo, é importante se levar em conta que mesmo com todos os seus benefícios, alguns casos mais complexos exigem que o tratamento seja feito por uma estrutura fixa. Cabe ao dentista escolher a melhor abordagem levando em conta as particularidades do caso.

Quais são as desvantagens do aparelho invisível?

Um dos motivos por trás da restrição do modelo invisível é justamente a sua possibilidade de remoção. Uma vez removível, é dada uma maior autonomia ao paciente.

No entanto, crianças e adolescentes tendem a remover o aparelho com frequência e o perderem com facilidade, fazendo com que a correção demore mais tempo.

Também considerando as suas vantagens, o aparelho invisível tende a ser encontrado em um valor superior aos demais modelos

Dessa forma, a desvantagem é justamente a sua limitação a casos mais leves e o preço mais valorizado. Contudo, o paciente, em conjunto ao dentista, deve definir as prioridades do tratamento.

aparelho invisível valor

Qual o valor de um aparelho invisível?

Ao escolher o aparelho invisível como forma de tratamento deve-se considerar que é um investimento. O valor a mais em comparação aos demais modelos de aparelho está diretamente ligado aos benefícios percebidos.

A média de preço do aparelho invisível pode ir de R$ 6.000 (seis mil reais) a R$ 20.000 (vinte mil reais), tendo uma manutenção mensal de R$ 150 (cento e cinquenta reais) à R$ 500 (quinhentos reais).

Já na primeira consulta é possível ter o orçamento total do tratamento.

Quais são os cuidados necessários durante o tratamento?

Para que os benefícios sejam percebidos e que o tratamento seja realizado sem complicações e tenha retorno satisfatório, é necessário que ao longo do tratamento sejam tomados alguns cuidados, tanto na higienização quanto na alimentação.

Uma vez que o aparelho é removível, não só a higiene bucal, mas do próprio acessório é simplificada, sendo o recomendado ambos os processos serem feitos por uma escova de cerdas macias, usando água morna.

A higienização da limpeza deve ser feita de 2 a 3, e ao menos uma vez ao dia, dentre os intervalos das refeições.

Quanto à alimentação, é importante evitar alimentos e bebidas muito pigmentadas para prevenir o aparecimento de manchas futuras no aparelho. Não esquecer de retirar o aparelho diante de refeições também é importante para evitar alterações no coloração e danos em sua extensão.

É importante que se preze quanto ao manuseio do aparelho invisível, opte sempre por guardá-lo na caixinha própria assim que removê-lo da boca para se alimentar.

Por fim, não é recomendado fumar em meio ao uso desse aparelho, já que além de manchar a moldeira, leva ao amarelamento dos dentes.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista são essenciais para que haja a percepção e o tratamento precoce de problemas como os ortodônticos.

É pelas visitas periódicas ao consultório odontológico que você consegue cuidar de sua saúde bucal e manter procedimentos regulares em dia.

Logo, se você quer corrigir problemas de alinhamento dentário sem se incomodar com braquetes, elásticos, borrachinhas e fios de aço, nada melhor do que consultar o seu dentista de confiança.

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Deixe seu comentário