Aparelho Ortodôntico

Você já conhece o aparelho móvel? Sabe qual a sua função? Sendo um dos vários modelos de aparelho ortodôntico, o móvel é uma das alternativas que prometem mais praticidade e estética no tratamento.

No entanto, com a popularidade do aparelho fixo, poucas pessoas sabem dizer quais as suas indicações, vantagens e desvantagens em relação ao tradicional. 

Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre esse tipo de tratamento ortodôntico, sua função, benefícios, quanto tempo dura e preço:

O que é o aparelho móvel?

O aparelho móvel é um dos tipos mais recentes, tecnológicos, práticos e estéticos de tratamento ortodôntico. Uma vez que sua característica principal é a sua característica removível, trás uma série de facilidades ao processo que não são possíveis no fixo.

Os alinhadores removíveis estão entre as opções para quem quer ter um sorriso mais alinhado, harmônico e bonito. Esse tipo de aparelho pode ser utilizado tanto de forma solitária ou de forma complementar ao fixo, buscando manter os efeitos positivos que foram adquiridos.

Para que serve o aparelho móvel

Para que serve o aparelho móvel?

Dessa forma, a principal função do aparelho móvel é fazer a correção da mordida da arcada, corrigindo problemas ortodônticos leves como dentes tortos, encavalados e mordida aberta. Isso por meio da movimentação dentária que é impulsionada pelo aparelho em intensidades menores do que a do metálico tradicional.

Assim como o fixo, busca não apenas a restauração estética, mas também funcional, ajudando no melhor desempenho das funções essenciais como mastigação, deglutição, respiração e fala.

É muito comum que seja indicado durante a infância, por volta dos 6 e 12 anos de idade, em que a arcada dentária ainda está em formação, fazendo com que as correções da estrutura óssea ocorram mais facilmente.

No entanto, em meio a esse tratamento é importante ressaltar que o paciente deve ter disciplina durante o uso, mantendo cuidados de higiene, alimentação, quanto ao tempo de uso e onde guardar o aparelho. Esses cuidados devem ser acompanhados de perto pelos pais em meio ao uso infantil.

Como dito, o aparelho móvel também pode ser um complemento ao tratamento com o aparelho fixo, e por sua vez, possui o objetivo de conter os movimentos naturais da arcada, impedindo com que haja o retrocesso dos resultados obtidos.

Quais as vantagens do alinhador removível?

A maioria das pessoas que querem optar por esse tipo de tratamento, comumente buscam fugir dos bráquetes e das borrachinhas de aparelho. Porém a escolha deve partir do ortodontista, que vai escolher qual a melhor opção de tratamento para cada tipo de caso.

Entre os demais benefícios do alinhador removível está a sua maior praticidade e tecnologia e facilidade quanto a higienização.

Ao contrário do modelo fixo, o aparelho móvel pode ser retirado em meio a alimentação, o que permite que resíduos não grudem em sua extensão. A higiene bucal ainda é facilitada pelo sua remoção, que permite que ela seja mais eficiente, não só a escovação, mas também a passagem do fio dental.

A sua remoção também é uma característica positiva tendo em vista eventos e datas comemorativas, podendo ser deixado de lado em alguns momentos. 

No entanto, vale ressaltar que o aparelho deve manter uma boa frequência de uso, caso contrário, o resultado final obtido pelo aparelho fixo, ou por ele próprio, vai sendo gradualmente perdido e o alinhador não caberá mais na boca.

Quais são os tipos de aparelho ortodôntico móvel disponíveis?

Assim como entre os aparelhos fixos há diferenças, os aparelhos móveis também são diferentes entre si e são divididos em tipos. Cada um deles é indicado para um tipo de tratamento específico, conheça quais são:

Aparelho móvel funcional

O aparelho móvel funcional é recomendado em casos de arcada inferior recuada ou de mordida aberta. Uma vez que se tratam de problemas comuns, o uso dessa opção também é uma dos mais indicados no consultório odontológico.

Possui uma estrutura de metal que cerca a superfície dos dentes, sendo usado para incitar, direcionar ou inibir o posicionamento correto da arcada dentária sobre a maxila ou mandíbula. São aqueles mais indicados em casos de adolescentes e crianças, em que a dentição ainda está sendo desenvolvida.

Aparelho móvel de contenção

O aparelho de contenção, ou como é comumente chamado, a contenção, como próprio nome indica, é aquele usado ao final dos tratamentos ortodônticos pelo fixo para conter e manter seus resultados.

Seu uso é justificado tendo em vista que mesmo que a mordida seja acertada, não só os dentes, mas também os lábios, a língua e o osso do maxilar necessitam de tempo para acostumar com as mudanças. Na falta do aparelho de contenção, os dentes tenderiam a voltar ao seu lugar natural.

É confeccionado em acrílico e possui coloração incolor, é indicado para a prevenção de futuros desalinhamentos dentários. Seu uso, assim como os demais deve ser constante, evitando assim complicações futuras e que o tratamento ortodôntico seja recomeçado. Cabe ao dentista a estipulação do tempo necessário com a contenção.

Normalmente a contenção é colocada na parte interna da arcada dentária, seja ela nos dentes superiores ou inferiores, com o mesmo objetivo.

Aparelho móvel transparente

O aparelho móvel transparente, invisível ou Invisalign, é a mais nova tendência do mercado odontológico. Não feito por estruturas metálicas, seu diferencial é justamente o seu material translúcido (acetato incolor), que proporciona uma aparência ainda mais estética ao aparelho. 

Assim como os demais de sua variação, o Invisalign também é capaz de corrigir problemas de alinhamento dentário. É feito sob medida, o que permite uma maior eficiência no tratamento.

Ao contrário do que muitos pensam, a “manutenção” também é necessária aqui e ocorre, por meio da troca das moldeiras, sendo por meio dela que o paciente é capaz de percebem as correções com o tempo.

Aparelho móvel extrabucal

O modelo extrabucal também é uma das principais indicações de uso infantil e tem como objetivo principal a realização do controle do desenvolvimento da arcada superior e de seus movimentos de retaguarda.

Feito por uma cinta de nylon apoiada atrás da pescoço ou da cabeça por um arco facial externo, esse aparelho é popularmente chamado de “freio de burro”. Entre suas demais motivações, estão os dentes apinhados, evitando a extração dos dentes permanentes.

Como limpar aparelho móvel

Como limpar aparelho móvel? Quais os cuidados necessários?

Mesmo com toda a simplicidade que o alinhador removível prega, por todo o seu período de uso é necessário que sejam tomados alguns cuidados, principalmente quanto a higiene bucal.

Tal como o tratamento com o aparelho ortodôntico fixo, a falta dos cuidados essenciais pode permitir com que o problemas bucais, como a formação de tártaro, cáries e doenças gengivais atrasem seus benefícios.

Entre os cuidados principais estão:

  • Boa higiene bucal;
  • Higienizar o aparelho sempre antes de usá-lo;
  • Não o higienizar com água quente;
  • Guardar sempre o aparelho em um recipiente próprio;
  • Evitar comer usando o aparelho;
  • Evirar ingerir bebidas ácidas usando o aparelho;
  • Não ficar sem usar o aparelho por muito tempo;
  • Usar o aparelho segundo as orientações do dentista.

A higienização do aparelho pode ser feita em intermédio a higiene bucal, de 3 a 4 vezes ao dia, sendo interessante utilizar uma escova própria apenas para sua limpeza. A escovação deve ser feita em varreduras suaves para que ela seja eficiente e não deforme a estrutura.

Para uma limpeza ainda mais aprofundada, imergir o aparelho em um enxaguante bucal com propriedades bactericidas. Não utilizar água quente é essencial, uma vez que o calor é capaz de deformar a resina do aparelho.

Tendo em vista a opção de utilizá-lo ou não, é indicado que o aparelho seja usado todos os dias, com as horas mínimas estipuladas pelo dentista. Na maioria das vezes, o odontologista irá recomendar que haja o uso noturno, em que o paciente irá dormir com o aparelho. 

Por fim, sempre guarde o aparelho em seu estojo próprio e higienizado, evitando danos e buscando impedir o seu contato com microrganismos, aumentando assim o seu período de vida útil no caso dos estilos metálicos. Além disso, se evita também a perda do objeto, retardando o processo.

Quanto tempo dura o tratamento?

O tratamento com o aparelho móvel, tal como o fixo, não possui um tempo de uso previamente estipulado e vai depender da gravidade do caso, do tipo de aparelho e da percepção do dentista em meio as avaliações.

Em meio as visitas regulares do tratamento o dentista fará a ativação da força dos componentes e observará se o resultado almejado já foi alcançado.

Deve-se ter em mente que o resultado do uso do aparelho móvel é obtido a longo prazo e para o resultado satisfatório o paciente deve seguir as orientações do dentista. 

Aparelho móvel, qual o valor?

O aparelho móvel também varia quanto aos seus preços. O aparelho de contenção é o modelo mais utilizado, uma vez que está associado ao modelo fixo. Seu valor é mais acessível e vai de R$ 500 (quinhentos reais) a R$ 750 (setecentos e cinquenta reais).

Dentre ao uso solo, o Invisalign é o mais recomendado também o que possui um preço mais valorizado, indo de R$ 1.500 (mil e quinhentos reais) a R$ 12.000 (doze mil reais).

Além do estilo, o valor tende a variar de clínica em clínica, localidade, pelo material utilizado, tempo de duração e quantidade de manutenções necessárias.

Aparelho móvel, qual o valor

Visitas regulares ao dentista

As visitas ao consultório odontológico devem se manter regulares para que o tratamento tenha um resultado final satisfatório.

É somente pelas visitas regulares ao dentista que além das manutenções, procedimentos periódicos como a profilaxia (limpeza profissional) são realizados, mantendo a zona bucal livre de problemas bucais e o desenrolar do processo.

Também o dentista saberá te orientar na adesão dos bons hábitos necessários. Em caso de danos no aparelho, não hesite em contatar o seu ortodontista.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário