Aparelho Ortodôntico

O aparelho ortodôntico móvel é responsável por corrigir pequenos desalinhamentos dos dentes e manter a posição dos dentes após o tratamento com aparelho fixo.

A cada dia os aparelhos vão sendo mais desenvolvidos proporcionando um tratamento mais eficiente com alternativas estéticas de seus modelos.

Conheça mais a respeito desse aparelho abaixo.

O que é aparelho ortodôntico móvel?

O aparelho ortodôntico móvel muitas vezes é visto como menos importante que o aparelho fixo, porém não é bem assim que funciona.

Ele possui tanta importância quanto o fixo, além de poder ser utilizado como uma alternativa estética ao aparelho convencional.

Cada um dos tipos de aparelhos móveis realiza uma função específica que vai desde manter o alinhamento, a contenção, até a correção de problemas de crescimento do maxilar, o aparelho externo.

Quando é indicado o uso do aparelho dentário móvel?

O aparelho ortodôntico móvel normalmente é indicado em casos que necessitam de pequenos ajustes ou crianças com crescimento desproporcional da mandíbula.

A maior vantagem do aparelho móvel é a facilidade da higienização, pois ele pode ser retirado durante a escovação, o que também facilita o uso do fio dental.

Porém, o fato de ser removível também é uma das suas maiores desvantagens, pois desse modo ele exige que o paciente seja disciplinado e utilize o aparelho durante o tempo recomendado pelo dentista.

Isso também exige alguns cuidados para evitar que ele seja danificado, sendo assim, é recomendado guardá-lo em sua própria caixinha.

Como funciona o aparelho dental móvel?

O aparelho ortodôntico móvel possui modelos diferentes, dessa forma cada um deles atua de maneira diferente. 

Desse modo, listamos abaixo os principais tipos, suas características e como funciona cada um deles:

Contenção móvel

Contenção móvel

A contenção móvel normalmente é utilizada nos dentes superiores e atualmente existem dois modelos de contenção móvel, a estética e a convencional.

Ela é constituída de uma parte de acrílico e uma de metal enquanto sua versão estética é toda feita de acetato.

Sua função é servir como suporte para os dentes após o tratamento com aparelho fixo, desse modo, ela previne que os dentes retornem à sua posição original.

Alinhadores invisíveis

 

Esse aparelho é uma alternativa estética do aparelho convencional, mas ele possui a restrição de ser usado somente em casos de baixo grau de desalinhamento.

Ele é um conjunto de placas de acrílico feitas a partir do molde digital do paciente, desse modo elas vão sendo substituídas de acordo com a progressão do tratamento.

A substituição delas pode ser feita em casa, mas deve ser feita apenas com a recomendação do dentista.

Cada placa é feita pensando no progresso do tratamento de modo que elas tenham uma ordem de uso.

Os alinhadores invisíveis são utilizados para corrigir pequenos desalinhamentos dos dentes, também podendo ser usados como alternativa estética do aparelho convencional.

Aparelho externo

O aparelho externo, popularmente chamado de “freio de burro”, é utilizado em crianças que possuem algum grau de distúrbio no desenvolvimento do maxilar.

Ele possui alguns modelos diferentes e todos eles possuem partes externas, fazendo jus ao nome.

O aparelho AEB é composto por um arco duplo, faixa de apoio e elásticos, e a máscara facial é constituída de um suporte com apoio na testa e no queixo, arco duplo e elásticos.

A faixa de apoio e o suporte da máscara facial servem como um dos apoios para os elásticos, sendo que o outro é o arco duplo.

O arco duplo é uma peça composta por dois arcos metálicos, sendo que um fica posicionado atrás dos dentes e o outro do lado de fora da boca.

Nesse aparelho, o elástico é o responsável por exercer a força necessária para restringir ou estimular o crescimento da mandíbula.

Expansor palatino móvel

Expansor palatino móvel

O expansor palatino é feito de acrílico e aço inoxidável. Ele é utilizado no céu da boca e tem o objetivo de abrir o palato para liberar mais espaço na arcada e melhorar a respiração nasal.

Ele abre o palato por meio de um aperto realizado que abre o aparelho exercendo a força necessária para a expansão.

Placa de bruxismo

A placa de bruxismo é um dispositivo feito de acrílico que se encaixa nos dentes como se fosse uma capa.

Ela tem a função de proteger os dentes do desgaste causado pelo ranger e aliviar a tensão na ATM causada pelo aperto do maxilar.

Contraindicações do aparelho ortodôntico móvel de dente

O aparelho ortodôntico móvel não possui contra indicações severas. Suas maiores restrições estão relacionadas às placas de bruxismo e aos alinhadores invisíveis que não devem ser utilizados por crianças e pessoas com doenças gengivais.

Fora esses casos, o aparelho móvel não possui muitas restrições, mas por ser removível ele exige que a pessoa seja disciplinada, para usar o aparelho durante o tempo necessário, e zelosa para evitar danos ao aparelho.

Qual aparelho escolher: fixo ou móvel?

Na hora de escolher o tipo de tratamento a seguir, muitas pessoas podem ficar em dúvida sobre qual aparelho usar.

Contudo, após a avaliação do dentista, ele irá mostrar os modelos possíveis de serem utilizados para tratar o seu caso.

Desse modo, a primeira restrição da sua escolha é o tipo de tratamento que seu caso exige, após isso, a escolha do aparelho fica totalmente a critério do paciente.

Porque utilizar o aparelho ortodôntico infantil móvel?

aparelho ortodôntico infantil móvel

A infância é a fase em que os ossos estão se desenvolvendo para chegarem a sua forma final, dessa forma, é mais fácil modelar sua forma.

Muitos pais têm dúvidas a respeito do uso de aparelhos durante a infância, porém essa é a fase ideal para o seu uso.

O uso de aparelhos por crianças é recomendado apenas a partir dos 5 anos, por isso essa também é a idade ideal para a primeira visita ao ortodontista.

Quando utilizado na infância, o aparelho ortodôntico pode resolver os problemas antes deles se desenvolverem, evitando a necessidade de cirurgias futuras.

Além disso, ele pode resolver problemas relacionados à respiração nasal e a mastigação, quando estes são causados por má-oclusão.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares à clínica odontológica são essenciais para que seja feita a ação preventiva e o acompanhamento ideal do tratamento.

Com a periodicidade no consultório que se é pode verificar a necessidade ou não da cirurgia, além de outros tratamentos odontológicos, como a profilaxia, que deve ser feita regularmente.

O indicado é que as visitas ao dentista sejam feitas ao menos 2 vezes no ano (6 em 6 meses), no entanto, diante de procedimentos como esse, os intervalos devem ser reduzidos.

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário