Aparelho Ortodôntico

Aparelho ortodôntico é um tratamento odontológico que tem como objetivo corrigir os dentes.

Diante disso, há diferentes tipos de aparelho ortodôntico. Porém, é preciso que um dentista indique o melhor para cada caso.

Sendo assim, confira aqui um guia completo sobre o aparelho ortodôntico e elimine todas as dúvidas a respeito desse tratamento:

Como funciona o aparelho ortodôntico?

Constituído de 04 elementos básicos que são os braquetes – um tipo de suporte para a aplicação de força que os dentes exercem sob o aparelho e vice-versa), fios, tipos de ligaduras e outros acessórios, como elásticos, molas, etc.

Desse modo, os braquetes têm a função de guiar e manter o arco no lugar, além de contribuir para que aconteça o alinhamento adequado.

Por outro lado, os arcos ortodônticos são fios metálicos que ligam os braquetes, e que necessitam de troca em média a cada 4 meses durante todo o período do tratamento de aparelho ortodôntico.

Enquanto isso, os fios vão aumentando de tamanho a cada troca. Isso porque os arcos precisam estar ligados aos braquetes para que seja possível mexer a cavidade oral, mesmo com o aparelho.

Com o aparelho ortodôntico tem como uma das funções fazer um processo de remodelamento ósseo, fazendo com que exista diferentes tipos de aparelhos.

Entre eles, temos os aparelhos ligados convencionais, que utilizam das “borrachinhas” para fazerem a ligação, mas também há os aparelhos autoligados que não necessitam do uso dessas borrachinhas e fazem o movimento mais eficiente e rápido.

tipos de aparelho ortodôntico
Jovem no dentista para fazer a manutenção.

Tipos de aparelho ortodôntico

A odontologia está em constante mudança. Com isso, hoje no mercado há modelos de aparelho odontológico fixos e removíveis, com ou sem bráquetes, metálicos e transparentes.

Cada um tem a devida finalidade específica, por isso, confira abaixo um pouco mais sobre cada um dos tipos de aparelho ortodôntico:

Aparelho Ortodôntico Autoligável

É a opção mais moderna do mercado. Isso porque é mais discreto, seus braquetes são em material transparente e é mais confortável, pois não tem as borrachinhas que causam atrito.

Aparelho Ortodôntico Convencional

Como o nome já diz, é o modelo mais utilizado. Assim como os demais, é capaz de alinhar os dentes para a posição correta, mas a diferente dos demais, funciona a longo-prazo!

Há também casos em que é necessário, extrair dentes superiores, inferiores, ou ambos, tal situação dependerá da situação em que a arcada dentária se encontra.

Além disso, esse tipo de aparelho ortodôntico é menos higiênico, por causa da placa bacteriana que se deposita ao redor de suas borrachinhas.

Aparelho Ortodôntico Convencional estético

Diferentemente do aparelho ortodôntico convencional, este tem também finalidade estética, ou seja, ele consegue ser mais apresentável que o seu anterior.

Porém, assim como o aparelho ortodôntico convencional seu tempo de tratamento é longo e apresenta as mesmas peculiaridades também, como o problema com a placa bacteriana.

Aparelho Dental Móvel – Contenção

Este tipo de aparelho ortodôntico é indicado, em grande parte, para pacientes que já fizeram o tratamento com o aparelho fixo.

Assim como no fixo, sua função principal é a de conter os dentes, para que eles não movam e saiam do lugar.

No entanto, esse tipo de aparelho exige disciplina, porque como ele tem a possibilidade de ser removido da boca, muitos pacientes não o utilizam com a devida regularidade.

Desse modo, quando as orientações da pessoa dentista não são seguidas de forma correta, é possível que os dentes se movimentem ou voltem a entortar.

Expansor Palatino

Outro aparelho que é comumente utilizado com aparelhos ortodônticos convencionais é o expansor.

O objetivo principal desse aparelho é o de alargar a arcada dentária superior, com o objetivo de arrumar os espaços necessários para que os dentes sejam alinhados.

Porém, é limitado, ou seja, é possível que não tenha os espaços necessários. Além de que esse tipo de aparelho ortodôntico também é doloroso, de maneira que pode chegar a uma pressão maior que 1 kg de força em seus dentes.

Aparelho lingual invisível

Esse é o tratamento mais discreto entre os tipos de aparelho, que faz com que ele seja a melhor opção para pessoas mais velhas, por se sentirem intimidadas por usarem aparelho numa certa idade.

Neste caso, coloca-se os braquetes desse tipo de aparelho na parte interna do dente, do modo que fica imperceptível vê-los. Mas antes de escolhê-los é necessário que o dentista perceba que esse é o melhor tratamento para o seu caso, já que não é todo mundo quem pode usá-lo.

Alinhadores transparentes

Por último, mas não menos importante, esse tipo de aparelho é diferente dos demais, já que seus alinhadores são feitos com base na dentição de cada paciente.

É ideal para consertar pequenas imperfeições e são móveis. Ou seja, é possível tirá-los algumas vezes ao dia, o que facilita, principalmente, a escovação.

Pelo fato de ser confortável, dá a sensação de que o investimento cumpre sua função, apesar de que seu modelo é mais caro que os demais. No entanto, é indicado quando há desalinhamento dentário de nível simples.

Aparelho ortodôntico, qual escolher?

De modo geral, o paciente não pode escolher qual tipo de aparelho irá usar durante o tratamento. Porque cada modelo é indicado de acordo com a necessidade de cada paciente.

Sendo assim, qualquer opção de modelo precisará ser consultada primeiro pelo dentista, a partir disso, ele irá indicar o melhor caso, mesmo que não seja a opção escolhida pelo paciente.

Outro fator que influencia é o de que em casos mais severos de desalinhamento dentário, o uso do aparelho fixo é inevitável, porque por meio dele, o dentista terá mais controle das movimentações dos dentes do paciente.

Logo, quando o aparelho ortodôntico apresentar uma melhora clínica nas imagens radiológicas, o dentista pode te apresentar outros modelos de aparelho ortodôntico.

Por último, uma informação importante é que todos os tipos de aparelhos ortodônticos oferecem algum tipo de resultado.

Indiferente do modelo escolhido, não deixe os cuidados com a higiene de lado, afinal, aparelhos fixos tem a desvantagem de contribuir para que haja aumento do acúmulo de resíduos alimentares na boca.

Aparelho ortodôntico cuidados após colocá-lo

É necessário entender que ao usar algum tipo de aparelho, será necessário mudar velhos hábitos. Apesar dessa ideia causar medo em muitos pacientes, é algo bem simples.

Essa é uma das dúvidas mais comuns entre a maioria das pessoas que utilizam um aparelho ortodôntico, portanto, a maior mudança é na alimentação.

Por isso, não se priva de comer certos alimentos, afinal, seu corpo precisa estar em funcionamento com todo organismo e gerar caloria satisfatória.

Depois disso, é necessário manter a higienização bucal e os cuidados com a ingestão de alimentos, por exemplo, evitar alimentos com maior rigidez.

Tenha em mente que saúde bucal e estética são fatores que toda pessoa precisa ter para manter sua vida no ritmo. Mas não se esqueça de que certos alimentos é necessário evitar.

aparelho ortodôntico antes e depois
Jovem com aparelho ortodôntico fixo, que é um dos mais utilizados e por maior tempo.

Aparelho ortodôntico antes e depois

Como o tratamento leva tempo, os benefícios que obtidos com a colocação e o uso de um aparelho ortodôntico envolve diferentes aspectos, como o da autoestima.

É possível que durante o processo, você sinta constrangimento pela sua aparência, mas depois do tratamento acabar, verá os benefícios.

Entenda que além de solucionar problemas como os amplos espaços presentes entre os dentes, como a diastema – espaço entre os dentes, e contribuir para a haja a correção do mau posicionamento entre os dentes.

O aparelho ortodôntico também promove alterações positivas na forma pela qual o indivíduo respira. Isso porque o alinhamento da arcada dentária quando está correto, apresenta uma influência relevante no fluxo de ar entre o nariz e a boca.

Se não há mais o impedimento, ao melhorar a qualidade da respiração faz com que a tarefa de mastigação se dê de forma mais eficiente, além de também oferecer benefícios e ajuda na dicção de palavras, tornando-as mais audíveis e foneticamente corretas.

A higienização bucal também precisa mudar. Dessa forma, quando há melhora na higiene bucal, contribui para que haja reconstrução do posicionamento dos dentes por meio do aparelho ortodôntico.

Por isso, tente acompanhar o seu processo, com um antes e depois e veja a mudança acontecer.

Aparelho ortodôntico preço

Por causa dos tipos de aparelhos, quem inicia um tratamento ortodôntico precisa ter em mente as seguintes fases:

Consulta inicial

É nesta fase que o dentista irá fazer uma avaliação completa. Com ela será possível dar um retorno posicionado ao paciente acerca de sua necessidade de se usar o aparelho, bem como, o indicar os valores do tratamento. De modo geral, a consulta apresenta um diagnóstico.

Além disso, a partir do momento que se sabe que irá usar aparelho ortodôntico, tenha em mente que será preciso fazer diversos exames complementares, que o dentista solicita e é feito em clínicas radiológicas.

Serão esses exames os responsáveis por auxiliar o dentista no diagnóstico e no planejamento do tratamento. Sendo assim, os valores desses exames custam, em média R$ 300.

Aparelho Ortodôntico

Por ter diversos modelos e preços, o preço de um aparelho fixo convencional (fixo metálico) pode chegar a custar cerca de R$ 500 (quinhentos reais) a R$ 1000 (mil reais).

Já para o fixo estético (com braquetes transparentes), o preço varia entre R$ 1000 (mil reais) a R$ 2500 (dois mil e quinhentos reais).

Aparelhos móveis auxiliares

Sabe-se que por causa do tipo de tratamento necessário, pode ser preciso utilizar aparelhos móveis complementares.

Este tipo de aparelho apresenta um custo que sofre variações, por isso é difícil definir um valor. Além disso, ele não é necessário para todos os casos, por isso só o use se um dentista recomendar.

Manutenções mensais

Além dos exames e do aparelho ortodôntico em si, também há a manutenção, que consiste em visitas periódicas ao dentista para que sejam feitos ajustes.

A partir disso, a avaliação irá realizar a condução do tratamento da melhor forma possível.

Por fim, o valor da manutenção mensal pode variar entre R$ 100 (cem reais) a R$ 250 (duzentos e cinquenta reais), dependendo do tipo de aparelho, região, profissional escolhido, entre outros.

Aparelhos de contenção

Depois de retirar o aparelho fixo, o paciente entra em observação, ou seja, ele utiliza outro tipo de aparelho, o de contenção, que tem como objetivo garantir que os dentes continuem alinhados.

Este tipo de aparelho de contenção custa, em média, R$ 750 (setecentos e cinquenta reais).

Plano dentário para aparelho ortodôntico

Por causa dessa demanda dos aparelhos ortodônticos, ter um plano dentário que ajude a manter a saúde bucal em dia é uma ótima alternativa.

Por isso, para quem busca ter um tratamento eficaz e mais em conta, contratar um plano odontológico é a solução.

A DentalVidas oferece diferentes tipos de planos que irão trazer diferentes benefícios. Conheça nossos planos e entre em contato para garantir mais beleza ao seu sorriso.

Gostou do texto, tem um elogio ou crítica? Deixe aqui nos comentários para mais conteúdo de valor possa ser gerado.

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

3 Comentários para “Aparelho ortodôntico: conheça as melhores opções de modelos e preços

Deixe seu comentário