Aparelho Ortodôntico

O aparelho ortopédico é um dispositivo utilizado no ramo da ortopedia para correção de problemas de má oclusão quando estão relacionados ao desenvolvimento ósseo.

A ortopedia é o ramo da odontologia que é especializado no crescimento e desenvolvimento dos ossos de sustentação do periodonto.

Sendo assim, confira o que são os aparelhos ortopédicos, seus tipos e suas funções:

O que é aparelho ortopédico?

O aparelho ortopédico pode ser confundido com o aparelho ortodôntico ou até mesmo comparado como se fosse a mesma coisa.

Porém, apesar de possuírem nomes semelhantes, os dois aparelhos são utilizados com propósitos diferentes.

Sendo assim, o aparelho ortodôntico é utilizado para corrigir o posicionamento dos dentes, sem influenciar nos ossos de sustentação, ou seja, ele possui a função de corrigir o alinhamento dentário.

Já o aparelho ortopédico possui o objetivo de influenciar o desenvolvimento dos ossos de sustentação, seja para o crescimento ou refreamento.

Portanto, a principal função do aparelho ortopédico é corrigir problemas relacionados ao tamanho da maxila e mandíbula.

Dessa maneira, diferentemente da ortodontia que faz a correção dos dentes utilizando forças e pressões aplicadas por meio dos aparelhos.

A ortopedia utiliza os aparelhos com o objetivo de influenciar o desenvolvimento ósseo, sem a necessidade de aplicar forças ou pressões.

Pelo fato da ortopedia ser responsável por alterar a taxa de crescimento ósseo, ela possui maior eficácia durante a infância, pois é a fase onde os ossos da criança estão em desenvolvimento.

Aparelho ortopédico

Portanto, sua eficiência é reduzida em adultos visto que eles já possuem a arcada completamente formada, o que faz com que quase não sejam utilizados em adultos.

Desse modo, normalmente o aparelho ortopédico é utilizado em crianças, por ser mais efetivo.

Pelo fato do aparelho não ser tão eficiente em adultos, havendo também alguns casos nos quais é completamente ineficaz, a alternativa que resta para eles é somente a cirurgia ortodôntica.

Porque utilizar aparelho ortopédico?

O aparelho ortopédico é utilizado para correção de problemas relacionados ao crescimento e desenvolvimento do ossos de sustentação do periodonto.

Portanto ele é utilizado quando há  a presença de:

  • Queixo protuberante ou retraído;
  • Dores na articulação temporomandibular;
  • Desalinhamento dentário causado pelo desalinhamento das arcadas;
  • Barulhos de estalos ao movimentar a boca;
  • Mordida cruzada;
  • Apnéia do sono.

Desse modo, é possível verificar que ele é utilizado somente em situações onde é necessário estimular ou refrear o desenvolvimento mandibular ou abrir o palato.

Sendo assim, mesmo que existam esses sintomas, sua utilização só é necessária em casos onde há necessidade de interferir no crescimento ósseo.

Quando não é preciso intervir no tamanho dos ossos, é possível corrigir esse problemas apenas com o uso do aparelho ortodôntico.

Isso acontece pois nessas ocasiões é necessário movimentar apenas os dentes.

Usos do aparelho ortopédico

Assim como dito anteriormente, os aparelhos ortopédicos são utilizados para intervir no desenvolvimento ósseo, portanto seu uso é feito apenas nesses casos.

Alguns grandes exemplos desse aparelho são o expansor palatino e o aparelho klammt.

aparelho ortopédico

Portanto confira alguns dos tipos de aparelho ortopédico disponível no mercado:

Aparelho ortopédico classe 2

A má-oclusão tipo 2 ou classe 2, é classificada pelo posicionamento do canino superior à frente do inferior, de modo que os incisivos superiores fiquem à frente dos inferiores.

Dessa maneira, o aparelho utilizado na correção desse problema é responsável por estimular o crescimento da mandíbula de modo que ela se projete para frente e cause o alinhamento dos dentes.

Aparelho ortopédico classe 3

A má-oclusão classe 3 é o nome dado à situação onde o canino inferior se posiciona a frente do superior fazendo com que os incisivos inferiores fiquem à frente dos superiores.

Portanto, os aparelhos utilizados nesse caso são responsáveis por refrear o crescimento da mandíbula de modo que ao fim do tratamento haja um alinhamento entre os dentes e as arcadas.

Então o que é um aparelho ortopédico funcional?

O aparelho ortopédico funcional é o aparelho responsável por atuar na correção de disfunções ortopédicas.

Ele realiza essa correção através da estimulação ao crescimento e desenvolvimento, de modo que evitem o desenvolvimento de más-oclusões caso seja utilizado em seu início.

Além disso, ele também é responsável por evitar disfunções na articulação temporomandibular, também conhecidas por DTMs.

Portanto, a partir do seu uso é possível evitar a necessidade de realizar uma cirurgia ortognática futuramente.

Qual a diferença entre ortodontia e ortopedia funcional?

Apesar de serem dois ramos semelhantes que possuem nomes similares, elas são diferentes.

Sua diferença se dá pelo objetivo final dos tratamentos de cada uma das áreas. A ortodontia utiliza forças e pressões externas com o objetivo de corrigir o alinhamento dos dentes.

ortodontia

Desse modo, a ortodontia não influencia em nada no desenvolvimento da mandíbula e maxila, visto que seu único objetivo é modificar o posicionamento dos dentes.

Já a ortopedia tem como objetivo estimular, refrear, remodelar ou expandir os ossos de sustentação do periodonto, independentemente da arcada.

Sendo assim, a ortopedia funcional tem o objetivo de interferir no desenvolvimento ósseo. Dessa maneira, sua influência no posicionamento dos dentes é apenas uma consequência do reajuste do maxilar.

Em resumo, a ortodontia cuida do alinhamento dos dentes e a ortopedia se resume ao desenvolvimento dos ossos de sustentação.

Vantagens de se usar um aparelho ortopédico

O uso do aparelho ortopédico proporciona vários benefícios ao paciente, dentre eles é possível ressaltar:

  • Harmonização facial, pela simetria proporcionada pelo aparelho;
  • Melhora na mastigação, visto que o alinhamento das arcadas facilita essa ação;
  • Melhoria na respiração, já que algumas vezes problemas no desenvolvimento ósseo do palato pode levar a obstrução das vias aéreas;
  • Possibilidade de solucionar alguns casos de sinusite, ronco e cefaleias;
  • Resolve problemas da ATM relacionados ao mau encaixe do maxilar;
  • Em alguns casos, pode acabar com sintomas de bruxismo, quando sua causa está diretamente ligada ao posicionamento entre maxila e mandíbula;
  • Quando seu uso começa durante a infância, é possível evitar a necessidade da realização de uma cirurgia ortognática.

Como colocar um aparelho ortopédico?

Para iniciar o tratamento com um aparelho ortopédico é importante consultar um profissional para que ele faça uma avaliação e verifique se há necessidade de utilizá-lo.

Caso seja necessário, o paciente deverá fazer alguns exames e um molde de sua boca. A partir disso o dentista consegue enviar o molde para o laboratório e lá será confeccionado um aparelho adequado para a boca do paciente.

Após o início do uso, o paciente deve ter em mente que é necessário retornar para as visitas periódicas para que o dentista possa acompanhar a evolução do tratamento.

Sendo assim, mesmo que você consiga adquirir um aparelho ortopédico de outra maneira, não é recomendado utilizá-lo sem a supervisão de um dentista.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista devem ser feitas ao menos de 6 em 6 meses, buscando avaliar as condições da saúde bucal e o desempenho dos bons hábitos.

E também, é pelo acompanhamento odontológico devido que podemos realizar procedimentos regulares como a profilaxia (limpeza profissional), e garantir assim a limpeza completa da arcada dentária e a prevenção de complicações futuras.

Por fim, ao perceber algum sinal de má-oclusão 2 ou 3, não hesite em contatar o seu dentista, pois ele poderá indicar o tratamento ideal, bem como o uso do aparelho ortopédico, além de ser responsável pelo acompanhamento do tratamento.

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário