Aparelho Ortodôntico

O aparelho trançado é um dos métodos de tratamento existentes na odontologia no qual o dentista faz o uso de uma borrachinha que se assemelha a uma corrente que liga todos os dentes.

Dessa maneira, ao invés de usarmos uma borrachinha para cada braquete de aparelho, utilizamos apenas uma trançada que abrange todos os dentes de uma arcada.

Sendo assim, por se tratar de uma borrachinha, ela só é utilizada no aparelho convencional e no convencional estético.

Isso significa que não podemos utilizá-la no aparelho autoligado, visto que ele não faz o uso de borrachinhas devido aos seus braquetes avançados.

Aparelho trançado para que serve?

O aparelho trançado é aquele que utiliza o elástico em cadeia, também chamado de liguinha ou borrachinha, e é utilizado no aparelho fixo convencional.

Apesar de normalmente vermos as borrachinhas comuns, também existem as borrachinhas em cadeia, que seu formato assemelha a várias borrachinhas normais interligadas.

Desse modo, o aparelho trançado também garante uma estética diferenciada e que muitas vezes acaba sendo mais chamativo.

Porém, mesmo atraindo mais atenção, há algumas pessoas que procuram utilizá-lo porque gostam de sua estética.

Mas esse motivo não é recomendado para utilizá-lo, visto que as funções das borrachinhas são diferentes.

Geralmente, o aparelho trançado é utilizado quando é necessário movimentar os dentes para corrigir pequenos diastemas e afins.

Além disso, por utilizar um elástico em cadeia, que é uma borrachinha toda interligada, ele acaba tornando o processo de higienização mais complicado.

Esse tipo de liguinha também exerce uma força adicional sobre os dentes, o que faz com que reclamações de dor nos dentes sejam comuns.

Aparelho trançado

Como colocar aparelho trançado?

A decisão a respeito do uso do aparelho trançado deve vir de um dentista, pois para seu uso é necessário que o paciente utilize o aparelho convencional.

Além disso, a borrachinha em cadeia possui uma função diferente da convencional, portanto, somente o dentista pode indicar seu uso.

Isso é necessário para que ela não seja usada de maneira errada e cause problemas de desalinhamento dos dentes.

Desse modo, não é recomendado utilizar o aparelho trançado ou qualquer outro tipo de aparelho por vontade própria.

Pois isso pode agravar os problemas de alinhamento já existentes, ou fazer com que surjam novas complicações.

Diferença entre a borrachinha normal e a trançada

A borrachinha do aparelho convencional possui a função de prender o fio ortodôntico e exercer certa pressão sobre os dentes para corrigi-los.

Porém, por se tratar de borrachinhas diferentes, elas possuem certas diferenças em suas maneiras de funcionar. 

Sendo assim, a maior diferença entre elas é que no aparelho trançado, além da borrachinha segurar o fio ortodôntico no lugar e auxiliá-lo a realizar movimentações ortodônticas, ela ainda possui a função de corrigir pequenos diastemas entre os dentes.

Isso só é possível por conta da pressão a mais exercida por ela, ou seja, além da força realizada para que o fio metálico possa agir, essa borrachinha também puxa os dentes em direção ao outro.

Desse modo, a partir dessa força de tração é possível corrigir pequenos espaços entre os dentes.

Porém, o aparelho trançado também dificulta um pouco mais a limpeza dos dentes, visto que há um obstáculo a mais para a escova.

Quando devo trocar o elástico em cadeia?

Assim como os elásticos convencionais, o elástico em cadeia também perde sua elasticidade com o passar do tempo.

Após perder sua propriedade elástica, o aparelho trançado não exerce mais sua função como deveria, desse modo é necessário trocar as borrachinhas.

Essa troca normalmente é feita durante as manutenções mensais, ou seja, o elástico deve ser trocado a cada 30 dias.

Dessa maneira é possível realizar o tratamento sem a necessidade de interrompê-lo ou atrasá-lo por conta do elástico.

Aparelho trançado como higienizar

Como higienizar o aparelho trançado?

Para fazer a limpeza do aparelho trançado, pode-se utilizar os recursos disponíveis para a limpeza do aparelho fixo convencional.

Desse modo, é recomendado utilizar:

  • Escovas para aparelho, que consiste em dois modelos, a interdental que possui um formato adequado para limpar entre os braquetes do aparelho.

Seu formato consiste em uma haste com apoio em uma ponta e cerdas em outras. A região das cerdas se assemelha a escova para lavar mamadeiras, só que em uma dimensão bem menor.

Já a escova ortodôntica é uma escova de dentes que possui as cerdas em formato de V, esse formato auxilia na hora de limpar em cima e embaixo dos braquetes;

  • Passa fio, pode ser encontrado em duas formas, uma semelhante a uma agulha, que serve para auxiliar na hora de inserir o fio dental por debaixo do fio ortodôntico.

Já o outro se assemelha a uma forquilha e prende as duas pontas do fio dental.

O que fazer após retirar o aparelho trançado?

Caso se trate da remoção do aparelho em si, isso significa que finalmente não há mais a necessidade de frequentar manutenções mensais.

Nessa situação, resta ao paciente fazer o uso correto da contenção, ou seja, o tratamento ainda não acabou.

Portanto, assim como foi importante utilizar o aparelho convencional da maneira correta durante o tratamento, o uso da contenção também é importante.

Isso se deve ao fato de que é ela quem irá garantir que os dentes fiquem alinhados após a retirada do aparelho trançado.

Portanto, após a retirada do aparelho fixo, o paciente normalmente é submetido ao uso de duas contenções fixas ou uma convenção fixa e uma contenção móvel.

A contenção fixa consiste em um pequeno fio que é fixado atrás dos dentes. É possível encontrá-la em dois modelos, a contenção fixa simples e a higiênica.

A higiênica se baseia em um fio que possui ondulações que ficam posicionadas no meio dos dentes para facilitar o uso do fio dental.

Já a simples é um pequeno fio reto que fica posicionado atrás dos dentes, e que por ser uma barra reta acaba interferindo no uso do fio dental.

A contenção móvel é um aparelho que consiste em uma placa acrílica ligada a um fio metálico que passa pela frente dos dentes para impedir seu deslocamento.

No caso da contenção removível estética, a parte do fio que fica na frente dos dentes incisivos é feita de um material translúcido que faz com que ela seja mais discreta.

Normalmente a contenção móvel é utilizada por um período de 24 meses podendo variar dependendo do caso, já a contenção fixa é utilizada pelo resto da vida.

Visitas regulares ao dentista

Por meio das visitas regulares ao dentista é possível verificar a necessidade de utilizar o aparelho trançado ou outro tipo de aparelho.

Desse modo, por meio delas é possível identificar e corrigir problemas de alinhamento ou saúde bucal antes que fiquem muito complicados de se resolver.

Além disso, elas garantem a possibilidade de realizar tratamentos como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

Elas também permitem que sejam feitas as manutenções mensais do aparelho, que são necessárias para garantir o resultado do tratamento.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário