Especialidades

O bloco no dente é uma das técnicas utilizadas para a recuperação dos danos nos dentes, sendo uma ação preventiva a extração de dente.

Conheça quais são as principais características do bloco no dente, para que serve, benefícios e quanto custa:

O que é o bloco no dente?

O bloco no dente é uma das principais indicações para a reparação do dente, principalmente diante de danos causados por cáries ou fraturas no dente. Dessa forma, é por meio do bloco que o elemento dentário danificado pode ser restaurado indiretamente.

O principal objetivo do tratamento é a restauração do dente comprometido por cárie, fratura ou trauma, restabelecendo a sua estética e funções.

Este tipo de restauração tende a ser confundido com a colocação de coroa dentária, contudo, possuem indicações diferentes. Contudo, ambos os procedimentos são baseados na fabricação da peça em laboratório e a sua cimentação no dente pelo dentista.

Enquanto o bloco dentário é recomendado quando a estrutura do dente é danificada pela cárie ou diante de quebras ou rachaduras, promovendo a restauração do elemento, a coroa é a indicação para a da reposição da parte superior dos dentes. Ambos os procedimentos estão preocupados tanto com a renovação estética, quanto com a melhoria das funções dos dentes.

Como funciona o bloco no dente

Como funciona o bloco no dente?

A colocação do bloco no dente é bem simples, sendo um procedimento rápido de ser feito. Contudo, comumente, para o resultado final é necessário mais de uma sessão, fazendo com que a reparação e seus benefícios não sejam capazes de ser adquiridos imediatamente.

Uma vez na sessão, primeiramente o odontologista irá anestesiar o dente e fazer o reparo no esmalte, logo em seguida fazendo a extração da cárie caso necessário. Em seguida, há a limpeza do local, fazendo com que seja possível haver a moldagem e o escaneamento da cavidade para receber o bloco.

A colocação tanto do bloco e da coroa dentária são semelhantes, fazendo com que a indicação dependa da extensão do dano e da gravidade de cada caso. Sendo assim, o bloco é recomendado em casos em que a coroa natural do dente não foi muito comprometida.

Na colocação da coroa, após a preparação do dente, o dentista fará o molde da arcada dentária do paciente, que é encaminhado para o protético. A partir disso, há a confecção da coroa de forma personalizada.

Quais são os tipos de bloco no dente?

O bloco, além do material, pode se diferenciar quanto a técnica utilizada, podendo ele ser bloco “onlay” e “inlay”.

Tanto o bloco onlay e o inlay são tipos de restauração indireta que são usados para a reconstrução parcial do dente.

O bloco onlay utiliza uma técnica de restauração indicada em dentes que tiveram as suas paredes muito comprometidas. Sua aplicação pode ser feita na recuperação de toda a estrutura dentária que estabelece contato com os dentes opostos em meio a oclusão e em meio a mastigação.

A técnica também pode ser aplicada na substituição de restaurações antigas, atuando na recuperação de dentes fraturados. Outra indicação é a prevenção de desgastes causados pelo bruxismo.

Enquanto isso, o bloco inlay é o bloco restaurador localizado entre as paredes dos dentes. Possui aplicações similares a de onlay, contudo, é indicada em casos em que a estrutura danificada está em uma melhor extensão. Dessa forma, há o fechamento de espaços entre os dentes, evitando o acúmulo de restos de alimentos nessas frestas e problemas bucais relacionados.

Por fim, ambos os tipos de blocos podem ser usados em um conjunto de tratamentos específicos, cabendo ao cirurgião dentista avaliar qual a melhor indicação.

Quais são os tipos de materiais de bloco no dente?

O bloco no dente, assim como a coroa dentária e demais procedimentos odontológicos pode ser confeccionado em diferentes tipos de materiais, considerando as particularidades e as necessidades estéticas do paciente.

Conheça quais são os possíveis:

Bloco no dente em metal: o bloco dentário em metal é a indicação para os dentes posteriores e molares que participam ativamente na trituração dos alimentos. Contudo, por conta de sua coloração não é a melhor solução para quem almeja um melhor visual estético.

Bloco no dente em resina: é o material de menor valor para a reparação do dente. Mesmo que a coloração do material tenda a ser semelhante a cor natural do dente, requer cuidado para que não se escureça rapidamente com o tempo, por conta da dieta alimentar. Dessa forma, é por conta de sua baixa resistência a manchas e duração duvidosa.

Bloco no dente em porcelana: a porcelana é o material que permite um melhor efeito estético. Esse material também permite reproduzir com mais precisão as características dos dentes, suas formas, cores e contornos. Além disso, a porcelana tende a ser mais resistente do que os demais, evitando o desgaste da estrutura e aumentando o seu período de duração.

tipos de materiais de bloco no dente

Quais são os cuidados necessários para com o bloco no dente?

Para que haja a boa manutenção do bloco e de seus benefícios é necessário considerar algumas medidas após a sua colocação.

Entre os cuidados que podem ser adotados estão:

  • Boa higiene bucal – fazendo uma boa escovação com cerdas macias e creme dental com flúor não abrasivo (de 2 a 3 vezes ao dia), com pelo menos uma acompanhada pela passagem do fio dental;
  • Bochecho com enxaguante bucal com flúor e sem álcool, segundo as orientações do dentista;
  • Boa alimentação – evitando alimentos muito duros, crocantes e bem pigmentados;
  • Fazer o uso de placa miorrelaxante sob o uso de bruxismo;
  • Visitas regulares ao dentista – buscando manter procedimentos como a limpeza de dente profissional sempre em dia.

Os cuidados com o bloco no dente tendem a serem os mesmos dos necessários para a boa manutenção da cobertura, podendo conservar os seus benefícios por muitos anos.

Vale ressaltar a importância de se atentar quanto a sobrecarga nos blocos e coroas dentárias. Entre os maus hábitos envolvendo esse problema e que devem ser evitados estão: morder objetos duros, roer unhas, abrir objetos com os dentes, impactos fortes no local, mastigação de alimentos muito duros.

Diante da falta desses cuidados, pode-se haver o aparecimento de complicações como cáries, rachaduras e fraturas, devendo o dentista ser contatado o quanto antes.

Também é muito importante que o material esteja bem aplicado, além de está posicionado adequadamente para que o dente consiga ser recoberto por inteiro, não havendo espaços que deixe a estrutura suscetível a problemas. 

Como é feita a higiene bucal do dente com bloco?

Uma vez que a peça está colada sobre o dente, a higienização deve ocorrer normalmente, com as mesmas preocupações que se deve ter com uma arcada dentária saudável.

O paciente deve optar por uma escova de cerdas macias para que diminua a abrasão sobre o esmalte dentário e peças. Os movimentos devem ser suaves para que não haja atrito ou impactos que acabam por desgastar ou danificar o material.

Opte por cremes dentais que contenham flúor em sua composição, evitando produtos que sejam muito pigmentados, já que podem levar a alteração da cor do esmalte dentário e seu material.

A passagem do fio dental também é muito importante para que haja a limpeza bucal completa e preventiva, removendo os resíduos de alimentos que se fixam nos cantos que as cerdas da escova não alcançam.

Para a escolha do enxaguante bucal procure por um que possua uma fórmula composta por flúor e que não contenha álcool para evitar o ressecamento das mucosas bucais, agressões aos blocos e infiltrações.

Quanto custa o bloco dentário?

Assim como demais procedimentos odontológicos, o preço do bloco dentário varia. O valor da peça pode alternar quanto ao material, tipo, localização, dentista e clínica escolhida.

O preço pode ser similar ou igual a coroa dentária, ficando em torno de R$ 1.000 (mil reais).

Contanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário