Aparelho Ortodôntico

Veja como passar fio dental no dente com aparelho. O tratamento ortodôntico, principalmente pelo aparelho fixo, requer disciplina e uma série de cuidados na rotina do paciente.

Você sabe como passar fio dental no dente com aparelho? Veja aqui como realizar a passagem desse item corretamente:

Qual a importância da passagem do fio dental?

A passagem do fio dental é uma das etapas principais para uma higiene bucal e adequada. É pela passagem do fio dental que há a remoção dos restos de alimentos, sujeita e da placa bacteriana acumulada entre os dentes da dentição. 

Os espaçamentos entre os dentes, principalmente os mais avantajados (diastemas) são as áreas mais propicias para a concentração de resíduos e restos de alimentos. 

Durante o uso do aparelho fixo esse hábito se torna um pouco mais complicado, o que permite que muitas pessoas acabem o deixando de lado no dia a dia. O que pode ser o ponto de partida para uma série de doenças, como cáries e gengivite.

Tendo em vista que as chances de acúmulo da placa bacteriana aumentam com o uso do aparelho metálico tradicional, a passagem do fio dental se torna ainda mais importante.

Como passar fio dental no dente com aparelho

Como passar fio dental no dente com aparelho?

Uma das principais dúvidas durante o período de uso do aparelho ortodôntico é como é feita a limpeza dos espaçamentos entre os dentes de forma eficiente. Essa dúvida se torna ainda mais recorrente entre pessoas que não tinham costume de executar esse bom hábito antes da colocação do aparelho.

Pessoas que não possuem tempo em seu cotidiano podem ainda deixar o passo de lado por não reconhecerem a sua importância e o acharem demorado demais.

No entanto, apenas a escovação não é capaz de te proporcionar uma uma higiene bucal completa e uma arcada dentária totalmente limpa, já que a escova só consegue alcançar a superfície dos dentes.

Assim como a escovação, a passagem do fio dental deve ser feita diariamente, acompanhando pelo menos uma limpeza com a escova, especialmente a noturna.

Buscando simplificar a passagem do fio dental, confira o passo a passo de como passar fio dental com aparelho de forma adequada e mais ágil:

Passo 1: O primeiro passo para uma passagem de fio dental mais tranquila está a escolha de instrumentos próprios criados para facilitar e tornar esse processo possível. Entre os instrumentos disponíveis pelo mercado estão o famoso “passa fio”, ou passador dental ortodôntico, que é um instrumento descartável e de valor acessível, comumente encontrado em farmácias. 

O passa fio, por sua vez, se trata de uma espécie de agulha de plástico, em que você passa o fio dental e realiza a sua colocação para trás das peças do aparelho ortodôntico. Assim sendo, sua estrutura torna possível a passagem do fio pela lateral do dente até o início da gengiva.

É por meio dessa espécie de passador de plástico que o fio dental chega à margem gengival e é capaz de realizar a ampla limpeza da região.

Passo 2:  Após a introdução do fio no espaço de seu passador e o ajustamento da agulha plástica por entre os dentes e o fio ortodôntico, é importante se atentar quanto a sua movimentação correta. 

Após passar a agulha por trás do fio metálico do aparelho, passe o fio no espaçamento lateral entre os dentes, segurando cada ponta com uma mão. Movimente o fio suavemente pela área de contato dos dentes até a linha gengival.

Passo 3: Em seguida realize a passagem do fio dental contra um dos dentes até o tecido gengival. Dessa forma, caso você esteja usando o fio no arco superior, movimente o fio para cima, enquanto o uso no arco inferior deve seguir o sentido contrário, indo para baixo.

Passo 4: É necessário que o processo se repita em todos os limites entre os dentes, de forma lenta e suave, para não machucar a mucosa e nem comprometer os aparelhos ortodônticos. Não realize movimentos rápidos nem muito bruscos, já que podem interferir na qualidade da limpeza.

Mesmo que a passagem do fio dental seja ainda mais fácil pelo uso do fio dental, ainda é possível tracejar o fio dental sem a ajuda de instrumentos próprios. No entanto, o indicado é que se opte por um fio dental com cera, uma vez que não enrosca nas peças do aparelho fixo, nem deixam fiapos para trás como o comum, facilitando a higiene.

O fio dental de cera são mais finos e de fácil deslize, trazendo benefícios a rotina.

Confira agora o passo a passo para essa abordagem:

Passo 1: Aqui é importante que antes de tudo você se atente quanto a quantidade ideal. O indicado é que a quantidade de fio a ser manuseafa seja proporcional ao tamanho de sua boca e de sua mão. Comumente um pedaço de 30 a 45 cm será suficiente.

Passo 2: Insira o fio dental por entre o espaçamento entre os dentes e o fio ortodôntico, seja por cima ou abaixo da estrutura. Aqui se deve ter cuidado para o fio não prender ou se enroscar ao aparelho, principalmente se o utilizado for o fio sem cera.

Após a ponta do fio ultrapassar o limite por entre os dentes e alcançar o outro lado da arcada dentária, puxe-a com cuidado com a outra mão. O espelho pode ser um bom aliado durante esses momentos.

É importante que você se preocupe em não pressionar o fio ortodôntico, já que essa pressão pode levar ao seu deslocamento.

Passo 3: Por conseguinte, após pegar a outra ponta do fio dental enrole parte do fio em seu dedo indicador. Com isso, com a ajuda de um dos dedos indicadores em sua boca vá inserindo o fio dental entre as brechas da dentição.

O movimento deve ser feito com naturidade, baseando-se na repetição do movimento de inserção entre os dentes e de deslizamento entre os dentes. É comum que esse movimento fique mais difícil a medida que se aproxima da arcada de trás, pela distância e pela proximidade entre os dentes.

Passo 4: Para a remoção dos resíduos é necessário que a movimentação seja feita de cima para baixo, ou seja, da linha da gengiva para fora, não empurrando a sujeira em direção a mucosa.

É importante que se tenha atenção para que a limpeza atinja ambos os lados da dentição e seja ainda mais precisa.

Passo 5: É necessário que a retirado do fio dental também seja feita com cuidado, até que saia totalmente por entre os dentes e a estrutura do aparelho. 

Passo 6: Se preocupe em repetir esses manuseios por todos os espaços da arcada, indo deste o par de dentes frontais até os últimos dentes molares da arcada. O processo só acaba quando todos os espaçamentos da dentição forem limpos.

Considere que o tempo da passagem de fio dental de uma pessoa com aparelho para uma pessoa sem é cerca de três vezes maior. No entanto, considere a importância do processo e o risco que você está se submetendo, podendo comprometer não sua saúde bucal, mas também a sua saúde geral.

Tenha paciência, já que ela é decisiva para o sucesso do processo.

Dicas de como passar fio dental com aparelho

Dicas de como passar fio dental com aparelho

Para tornar a limpeza entre os dentes ainda mais eficaz, confira algumas dicas para complementar a sua higiene bucal.

Escova interdental

A escova interdental, ao contrário do que muitas pessoas pensam não é uma alternativa ao uso do fio dental, mas sim o seu complemento. Logo, para que quer ter a certeza de uma limpeza ainda mais profunda por entre os espaçamentos dos dentes esse item pode ser a solução.

Contudo, as escovas interdentais possuem um design próprio para usuários de aparelho ortodôntico, além de ser próprio para a limpeza de áreas que a escova de dente convencional não tem acesso. As escovas interdentais são pequenas, possuem cabo plastificado e podem ter cerdas cônicas ou cilíndricas, sempre macias. 

Escova ortodôntica

As escovas ortodônticas tratam-se de um tipo de escova com cerdas em “V”, que são adequadas para a otimização da higiene bucal para o sorriso com aparelho. Muito confundida com a interdental, se diferencia por suas funções.

Enquanto a escova interdental foca na limpeza entre os dentes, a escova interdental foca na limpeza da superfície dos dentes em meio as peças do aparelho. Seu design é adaptável aos braquetes e possui as mesmas dimensões de uma escova de dentes comum.

Fita dental

Possuindo a mesma função do fio dental, a fita dental pode ser a opção para quem acha a passagem do fio dental dolorosa. Por ser mais larga e fina, similar a uma faixa, é a indicação para quem sofre de sensibilidade dentária ou gengival.

Além disso, por possuir um filamento único, não se afrouxa tanto como o fio dental, fazendo com que não seja tão recomendada para quem possui pouco espaço na arcada dentária. Por possuir uma estrutura maior é capaz de demandar um maior tempo em sua passagem. 

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista é essencial para a manutenção dos cuidados e da saúde bucal.

É pelas visitas periódicas ao dentista que esse profissional é capaz de analisar o desempenho da higiene bucal do paciente, o orientando e dando indicações para um melhor resultado.

É ainda mais importante que pacientes de aparelho ortodôntico, principalmente crianças mantenham essa periódicidade, que deve ser mensal para haver as manutenções do aparelho.

Por fim, tenham em mente que esse cuidado possui um importante papel preventivo, prevenindo não só a formação da placa, mas o aparecimento de sangramentos, halitose (mau hálito), tártaro, cáries, gengivite, periodontite e até mesmo a perda óssea e dentária.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário