Consultório odontológico

O consultório odontológico diz respeito a um tipo de estabelecimento de assistência odontológica que é responsável por prevenir, diagnosticar e tratar complicações bucais.

Para saber mais a respeito do que é, o que deve ter e como montar o seu confira o artigo abaixo:

O que é um consultório odontológico?

O consultório odontológico, que também conhecido como estabelecimento de assistência odontológica consiste em um consultório onde serão realizados procedimentos de prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças bucais.

Eles podem ser tanto públicos quanto privados, que visam lucros ou não, além disso, eles podem ser instalados tanto em ambientes próprios quanto em hospitais ou afins.

Os estabelecimentos de assistência odontológicas podem ser classificados de diferentes formas, sendo as principais:

  • Consultório odontológico I: possui apenas um conjunto de equipamento odontológico e pode ou não possuir equipamentos de raio X;
  • Consultório odontológico II: possui apenas um conjunto de equipamento odontológico, um laboratório de próteses e pode ou não possuir equipamentos de raio X de dente;
  • Clínica odontológica I: possui até três consultórios odontológicos independentes, uma área de espera em comum e pode ou não possuir equipamentos de raio X;
  • Clínica odontológica II: possui até três consultórios odontológicos independentes, uma área de espera em comum, um laboratório de próteses e pode ou não possuir equipamentos de raio X;
  • Clínica modular: é o tipo de estabelecimento que realiza vários atendimentos em um mesmo espaço, mas que deve possuir as dimensões adequadas à quantidade de equipamentos odontológicos e pode ou não possuir equipamentos de raio X;
  • Instituto de radiologia odontológica: é o estabelecimento responsável por realizar exames de raio X intra ou extra orais;
  • Instituto de documentação ortodôntica: é o estabelecimento responsáveis por realizar exames de raio X intra ou extra orais, moldagens da boca do paciente, fotografias intra e extra orais e outro exames;
  • Policlínica odontológica: possui mais de três consultórios odontológicos independentes, podendo ou não possuir clínicas modulares, laboratórios de prótese, instituto de radiologia e/ou documentação odontológica;
  • Policlínica de ensino odontológico: é a policlínica voltada para o ensino odontológico ou pesquisa.

imagem de um consultório odontológico

Banner "conheça os planos dentalvidas"

Qual a diferença entre consultório e clínica odontológica?

Ambos os estabelecimentos são voltados para o atendimento odontológico de pacientes, no entanto, possuem algumas diferenças entre si.

O consultório odontológico diz respeito ao espaço que possui apenas um conjunto de equipamentos odontológicos.

Já a clínica odontológica diz respeito a um local que pode possuir até três consultórios odontológicos e uma área de espera comum.

Portanto, podemos chegar à conclusão de que a principal diferença entre os dois é que a clínica odontológica é um conjunto de até três consultórios com uma área de espera em comum.

O que deve ter em um consultório odontológico?

Assim como foi dito anteriormente, o consultório odontológico possui apenas um conjunto de equipamentos odontológicos tendo em vista que são para atendimento individualizado.

O consultório deve possuir:

  • Conjunto odontológico: cadeira, pedal multifuncional, mesa equipo, unidade auxiliar, refletor halógeno, mocho e micromotor;
  • Aparelho de profilaxia dental;
  • Aparelho de sucção;
  • Fotopolimerizador;
  • Câmara escura;
  • Motor elétrico;
  • Negatoscópio;
  • Compressor;
  • Autoclave.

Como vimos anteriormente, este estabelecimento pode ou não possuir equipamentos de raio X, o que irá variar de acordo com o fato de a clínica realizar ou não exames radiológicos.

Além disso, o consultório também deve atender outras exigências em relação aos seus ambientes para poder funcionar, como:

  • Central de material esterilizado (CME) composta por dois ambientes:
    • Ambiente sujo: sala de lavagem e descontaminação de materiais, com bancada, pia e guichê para a área limpa, com área mínima de 4,8 m²;
    • Ambiente limpo: sala de preparo/esterilização/estocagem de material, com bancada para equipamentos de esterilização, armários para material e guichê para distribuição de material, com área mínima de 4,8 m².
  • Depósito para material de limpeza (DML) com área mínima de 2 m², equipado com tanque;
  • Sala de espera com área mínima de 1,2 m² por pessoa;
  • Banheiro com área mínima de 1,6 m².

O consultório também deve atender alguns requisitos que dizem respeito às suas condições e estruturas internas, sendo eles:

  • Superfícies impermeáveis, permitindo a desinfecção, sendo proibido o uso de mesas de madeira;
  • Sistema de ventilação que reduza o nível de Unidades Formadoras de Colônias (UFC) no ar;
  • Paredes de alvenaria ou divisórias de cor clara e material liso, lavável e impermeável;
  • Cortinas de material que permita a higienização, sendo proibidas cortinas de tecido;
  • Compressor de ar instalado com tomada externa e/ou proteção acústica;
  • Forros de cor clara, sem mofo, infiltrações ou descontinuidades;
  • Instalações elétricas e/ou hidráulicas embutidas ou protegidas;
  • Lavabo cirúrgico para clínicas que realizam cirurgias;
  • Pisos de material liso, lavável e impermeável;
  • Escritório separado da área de atendimento;
  • Iluminação sem ofuscamento ou sombras.

Após possuir todas estas características, o consultório ainda deve passar por uma fiscalização da prefeitura para ser aprovado e só então entrar em funcionamento.

profissional dentro de um consultório odontológico

Planejamento antes de montar um consultório odontológico

Antes de montar seu próprio consultório odontológico é necessário que o profissional avalie sua viabilidade para entender se realmente é um investimento viável.

Desta forma, todo o planejamento deve ser feito corretamente para que o profissional não venha a ter nenhuma surpresa durante ou após a montagem do consultório.

Sendo assim, confira o que deve ser levado em consideração na hora de realizar o planejamento para montar seu consultório:

Análise de mercado

O primeiro passo para montar seu consultório é avaliar o mercado da região onde você pretende abrir seu consultório.

Para fazer esta análise, o profissional deve avaliar o número de profissionais e clínicas existentes no local e quais suas especialidades.

A partir desta avaliação você pode escolher uma área de especialização em que há menos concorrência ou pensar em um diferencial que você possui dos demais profissionais para captar clientes.

Esta análise é importante para que você possa saber como é o mercado onde você está se introduzindo e não seja pego de surpresa pela concorrência.

Localização

O consultório é um local fixo responsável por realizar atendimentos presenciais, portanto é importante que o profissional tenha em mente que sua localização é um ponto importante do planejamento.

Desta forma, é importante levar em consideração seu público-alvo para situar o consultório em um local que seja mais fácil para eles chegarem ao seu consultório.

Planejamento financeiro

Para abrir qualquer negócio é importante que o profissional faça o planejamento financeiro para ter um planejamento dos gastos e despesas.

Desta forma é importante colocar no orçamento os gastos com os profissionais que atuarão no consultório, como secretária, responsável por serviços gerais, auxiliar de saúde bucal e mais, variando de acordo com o tamanho do consultório.

Além disso, é bom que o profissional contrate uma contador para fazer todo o orçamento de gastos e para fazer o controle financeiro após a abertura da clínica.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares são responsáveis por garantir que o paciente saiba se ele necessitará utilizar algum aparelho ortodôntico.

Caso seja necessário, ele poderá optar por um aparelho ortodôntico estético, caso deseje um tratamento com aparelho mais discreto.

Por meio delas, o paciente também consegue relatar qualquer tipo de sintoma anormal que ele esteja sentindo, e assim o dentista consegue iniciar o processo de avaliação para identificar os problemas.

Ele também consegue garantir que o tratamento de problemas como o tártaro e a cárie, sejam tratados logo em seu início, evitando que se tornem complicações severas.

Além disso, por meio delas também é possível efetuar a profilaxia, que é limpeza profissional dos dentes e deve ser feita de 6 em 6 meses para a manutenção da higiene dos dentes.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Banner "conheça os planos dentalvidas"

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário

Qual o melhor remédio para dor de dente? SAIBA AQUI Quais são os tipos de lesão bucal? DESCUBRA AQUI Cores de aparelho que não desbota? Veja aqui quais são! Qual o melhor remédio para mau hálito? Confira a lista Invisalign: descubra quais são as vantagens do aparelho Como ter os dentes perfeitos dos sonhos? CONFIRA Descubra os tipos de piercing na boca e como cuidar Conheça as causas por trás do DENTE TORTO
Qual o melhor remédio para dor de dente? SAIBA AQUI Quais são os tipos de lesão bucal? DESCUBRA AQUI Cores de aparelho que não desbota? Veja aqui quais são! Qual o melhor remédio para mau hálito? Confira a lista Invisalign: descubra quais são as vantagens do aparelho Como ter os dentes perfeitos dos sonhos? CONFIRA Descubra os tipos de piercing na boca e como cuidar Conheça as causas por trás do DENTE TORTO