Saúde Bucal

Essa é uma dúvida muito comum para quem tem crianças em casa, e sim, o dente de leite tem raiz. Vamos neste texto falar um pouco mais sobre a raiz do dente de leite, e ainda trazer algumas curiosidades sobre esses dentes.

raiz dente de leite

Dente de leite tem raiz?

Mesmo sendo um dente temporário ele possui a mesma estrutura que os dentes permanentes. Você pode perceber isso quando os dentes da criança caem, essa raiz é que sustenta os dentes na gengiva.

Separamos algumas curiosidades sobre os dentes de leite das crianças e ainda veja alguns cuidados importantes que você deve ter com a saúde bucal delas.

Dente de leite tem raiz? algumas dúvidas sobre esses dentes

O dente de leite pode gerar dúvidas em muitos pais, que por falta de conhecimento acabam cometendo alguns erros na hora de retirar esses dentes. 

Ainda há outros, que por não saberem sobre o assunto, acreditam que não é necessário acompanhar essa fase, e também acabam errando.

Quando os dentes definitivos começam a nascer, as raízes dos dentes de leite são absorvidas, é por isso que os dentes amolecem, e dão lugar ao dente permanente.

Veja algumas curiosidades que todos devem saber sobre os dentes de leite.

Dente de leite causa febre nos bebês?

Muitos pensam que a febre dos bebês está associada com o nascimento dos dentes de leite, o que não é verdade. Mas os sintomas mais leves como diarreia, irritação, falta de apetite e salivação podem indicar que os dentinhos estão prestes a nascer.

Quantos dentes de leite uma criança tem?

Não existe um número certo de dentes de leite, no entanto o comum é que cada criança tenha cerca de 20 dentes de leite. E é importante que o acompanhamento aconteça mesmo antes do primeiro dente nascer.

Quanto tempo os dentes definitivos demoram para nascer?

As fofas janelinhas que amamos nas crianças, infelizmente duram pouco, e depois que os dentes de leite caem, os dentes permanentes demoram cerca de um mês para nascer. E por isso, você deve aproveitar bem o tempo que a criança está com a janelinha.

Devo arrancar o dente de leite ou deixar ele cair?

Não há uma regra sobre isso, mas o medo de que as crianças engulam o próprio dente pode levar muitos pais a arrancar esses dentes dos filhos. Mas caso a criança o engolir, não se preocupe, ele será eliminado de seu organismo naturalmente, através das fezes.

A decisão de arrancar ou não esse dente, deve ser feita junto com a criança, para não ser algo traumático no futuro.

O que devo fazer com o dente de leite das crianças

Os médicos orientam aos pais a armazenarem de forma correta os dentes de leite de seus filhos, pois eles contêm células-tronco em seu interior. Essas células podem ser usadas nos tratamentos de saúde no futuro. Por isso, é muito importante que você guarde de forma correta os dentinhos.

Quais os cuidados devo ter com o dente de leite?

Como mencionamos, estes primeiros dentes exigem um cuidado tão grande quanto os permanentes. Pois, é muito comum que estes dentes apresentem problemas ligados a cáries ou a algum tipo de trauma.

Problemas que podem prejudicar a arcada dentária e a estrutura dos dentes permanentes. E por isso é muito importante que você tome alguns cuidados com os dentes de leite de seu filho. Veja aqui dicas que podem te ajudar com isso:

dente de leite com raiz

Bons hábitos devem começar cedo

Como esses dentes também podem sofrer com a cárie é muito importante que a higienização deles aconteça desde o início. Os bons hábitos relacionados à saúde bucal devem começar antes mesmo que os dentes de leite nasçam.

Isso porque mesmo quando não existe nenhum dente na boca das crianças, pode haver o acúmulo de bactérias nesta área. Realize as limpezas corretas e faça a higienização após o bebê se alimentar, e depois que os dentes de leite nascerem esses cuidados devem ser redobrados.

Creme dental específico para crianças

Você sabia que existem cremes dentais específicos para crianças em cada faixa etária? Isso porque a concentração de flúor no creme dental infantil deve ser menor do que a presente nas pastas usadas pelos adultos.

E essa quantidade pode mudar de acordo com a faixa etária dos pequenos. Por isso, o indicado é pedir uma recomendação ao dentista, quanto ao creme dental que a criança vai usar de acordo com a sua idade.

Escova com cerdas bem macias

Escolha escovas que tenham as cerdas macias, essa dica vale tanto para adultos quanto para crianças. Esse tipo de escova consegue alcançar regiões mais difíceis entre os dentes, protegem a gengiva, evitam danos no esmalte e tornam a escovação muito mais confortável.

Use o fio dental

O fio dental é indispensável nos cuidados com os dentes em qualquer idade, pois, conseguem remover as sujeiras que a escova não consegue alcançar. Ele é um item fundamental na prevenção de placa bacteriana, tártaro, cárie, gengivite, periodontite e outros problemas nos dentes e gengivas que levam a problemas cardiovasculares no futuro.

Enxaguante específico para crianças

E assim como o creme dental, o enxaguante bucal também deve ser usado diariamente, e precisa ser específico para o uso em crianças. A sua fórmula é desenvolvida para proteger os dentinhos e gengiva dos pequenos e de acordo com a estrutura dos dentes de leite.

Não esqueça da língua

É muito importante que os pais ou aqueles que cuidam de crianças as ensine a higienizar a língua, esse hábito faz parte da limpeza bucal diária.

Evite consumir alimentos ácidos em excesso

Não deixe que as crianças consumam alimentos ácidos, por prejudicarem o esmalte dentário e aumentarem os riscos ao surgimento de cáries. E por isso, que o consumo destes alimentos deve ser evitado ao máximo em todas as idades.

Reduza o consumo de açúcar

Essa pode ser uma tarefa um pouco difícil, mas que é muito importante. Pois o consumo de alimentos muito açucarados também contribui para o acúmulo de bactérias que causadoras das cáries nos pequenos.

Corte da lista das crianças doces, chocolates, balas e outras guloseimas. Claro que eles podem ser consumidos vez ou outra, o que você não pode permitir é o seu consumo exagerado.

Fique atento a pequenos traumas

Como já mencionamos, é preciso evitar traumas que afetam os dentes das crianças, como quedas, acidentes, pancadas, entre outros. E além destes tipos de traumas você precisa estar atento aos pequenos traumas, que podem acontecer ao escovar os dentes ou se alimentar.

As crianças normalmente são aventureiras e gostam de adrenalina, por isso é imprescindível que você fique atento a possíveis quedas e acidentes que ele venha a sofrer no dia a dia. Estes acidentes podem causar sérios traumas nos dentes de leite.

Dependendo de como acontecem, a estrutura dos dentes de leite, da arcada e até dos futuros dentes definitivos, pode ser prejudicada.

Consultas regulares ao dentista

Outra dica muito importante em todos os casos, é que o acompanhamento com o dentista é fundamental nesta fase. Ele deve se iniciar o quanto antes, assim como acontece nos adultos o recomendado é que as crianças visitem o dentista ao menos duas vezes ao ano.

Através das consultas de rotina problemas que poderiam prejudicar o sorriso da criança no futuro são identificados. Além disso, o profissional vai acompanhar de perto a criança e assim poderá fazer os diagnósticos de possíveis doenças.

E um plano odontológico pode te ajudar a encontrar os melhores profissionais para atender seu filho.

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

Deixe seu comentário