Saúde Bucal

O dente quebrado é uma condição bastante desagradável que pode ser causada por diversas situações.

A fratura dentária também é uma complicação grave, pois ela pode acabar causando diversos tipos de complicações

Dessa maneira, é importante saber o que pode causar a fratura ou o trincamento dos dentes. Além disso, também é importante saber como proceder em ambas situações.

Sendo assim, confira nosso artigo a respeito do dente quebrado e saiba mais:

dente quebrado na frente

O que pode causar o dente quebrado?

O dente quebrado pode ser causado por diferentes motivos, ou seja, existem diversas causas que podem causar a fratura no dente.

Sendo assim, os problemas que podem levar o dente a se quebrar são:

Cárie

A cárie no dente é um problema que causa a corrosão da estrutura dentária causada por bactérias. Sendo assim, por conta dessa corrosão, a estrutura do dente pode acabar ficando fragilizada, o que deixa o dente suscetível à quebra.

Ela é uma condição que acontece devido ao acúmulo de partículas de alimentos, o que por sua vez contribui para o acúmulo de bactérias.

Essas bactérias acumuladas sobre a superfície do dente se alimentam dessas partículas de alimentos e como resultado desse processo produzem um ácido.

Sendo assim, esse ácido gerado é responsável por iniciar um processo de corrosão do dente e assim dá-se início ao processo de corrosão do dente por bactérias chamado de cárie.

O tratamento dessa condição é feito por meio da restauração dentária, e em casos mais severos o tratamento de canal ou até mesmo a remoção do dente.

Bruxismo

O bruxismo é uma condição que pode ser definida como o ranger ou apertar de dentes, e pode ocorrer durante o dia, de forma consciente, ou durante a noite, de forma inconsciente.

Essa condição pode causar o desgaste e o amolecimento das estruturas dentárias, além de existir a possibilidade de fraturar o dente.

Geralmente ele está associado a condições de estresse, ansiedade, tensão e a má-oclusão dos dentes.

Não há uma cura definitiva para essa condição, porém existem maneiras de reduzir o impacto que o bruxismo causa nos dentes, o que pode ser feito através:

  • Do uso da placa de bruxismo, que é um aparelho feito para evitar o contato entre os dente e assim evitar o desgaste;
  • De tratamentos com psicólogos e terapias ocupacionais para evitar o estresse e a ansiedade.

Além disso, por se tratar de algo que acontece durante o sono, muitas vezes o bruxismo pode acabar passando despercebido.

Portanto, geralmente ela costuma ser identificada através da identificação por outras pessoas ou pelo próprio paciente ao notar dor nos dentes, mandíbula ou na ATM.

Sendo assim, caso perceba essas dores, o paciente deve buscar ajuda de um dentista para que ele possa orientá-lo a respeito da maneira correta de tratar essa condição e iniciar o tratamento.

É importante que o tratamento seja iniciado o mais rápido possível para evitar complicações como o desgaste, dente quebrado e DTMs.

Má-oclusão

São chamados problemas de má-oclusão quaisquer problemas de oclusão dos dentes, ou seja, qualquer condição que não permita que os dentes se encaixem da maneira correta.

Dessa maneira, pelo fato de a oclusão não ocorrer da maneira correta, é comum que haja problemas na ATM, como dores e estalos, além da probabilidade do mal posicionamento acabar quebrando um dente.

Sendo assim, é importante realizar o tratamento dessas condições o mais rápido possível, para evitar que as condições se agravem e pelo fato de que é mais fácil tratá-las durante a infância e adolescência.

Isso se deve ao fato de que a infância e adolescência são os períodos onde a arcada dentária ainda está em formação e permitem movimentações ortodônticas com maior facilidade.

Essa condição normalmente é tratada com o uso de aparelhos ortodônticos, porém em casos onde o uso do aparelho não consegue corrigir é necessário realizar uma cirurgia.

Impactos

Uma outra causa bastante comum do dente quebrado são os traumas, que podem ser quedas, impactos, acidentes ou contusões derivadas de esportes.

O dente quebrado dessa maneira exige um atendimento profissional o mais rápido possível para evitar maiores complicações.

Além disso, caso seja possível, é importante armazenar o fragmento quebrado, pois caso exista a possibilidade, ele poderá ser colado novamente.

Portanto, o tratamento dessa condição é feito através da reconstrução do dente quebrado, seja por meio da colagem do fragmento ou reconstrução pode ser por meio da endodontia ou da restauração do dente.

Como saber se estou com o dente quebrado?

Em alguns casos o dente quebrado pode ser óbvio, como em casos onde a fratura ocorre nos dentes da frente. Porém, em alguns casos a fratura pode passar despercebida.

Dessa maneira, caso você esteja em dúvida sobre o fato de ter um dente quebrado é importante atentar-se aos seguintes sintomas:

  • Dor durante ou depois de mastigar;
  • Trincas ou pedaços faltando no dente;
  • Inflamação ou inchaço no espaço ao redor do dente.

Sendo assim, ao perceber qualquer um dos sinais acima indica que há a possibilidade de você ter um dente quebrado.

Nessa situação é importante buscar atendimento profissional para que ele possa confirmar a presença do dente quebrado e tratá-lo.

Além disso, existem algumas atitudes que podem ser tomadas após a quebra do dente para evitar maiores complicações.

Meu dente quebrou, o que fazer?

Quando estiver com um dente quebrado, a primeira coisa a se fazer é manter a calma. Isso é importante para que você consiga tomar as decisões da maneira correta e não no desespero.

Sendo assim, é muito importante buscar ajuda profissional, porém existem algumas atitudes que podem ser tomadas antes de se recorrer a um dentista que são:

  • Guardar o pedaço quebrado é importante, pois existem casos onde é possível colar o fragmento na hora de reconstruir o dente;
  • Limpar e armazenar o pedaço do dente quebrado, a limpeza deve ser feita com água morna e o armazenamento em uma vasilha;
  • Buscar atendimento com urgência é importante pois quanto mais cedo for tratado, maiores as chances de ser tratado de maneira mais simples. Além disso, caso o paciente possua um plano odontológico ser atendido com emergência é mais simples;
  • Reduza o sangramento com a utilização de uma gaze limpa e úmida para comprimir o local. Além disso, pode-se utilizar gelo para aliviar a dor e comprimir os vasos sanguíneos devido a baixa temperatura e assim reduzir o inchaço e o sangramento.

como aliviar dor de dente quebrado

Como aliviar a dor de dente quebrado?

Para reduzir a dor do dente quebrado o paciente pode utilizar gelo e também uma compressa umedecida para conter tanto a dor quanto o sangramento.

Também é possível fazer o uso de analgésicos de venda livre para conter a dor, além disso é recomendado buscar um dentista o mais rápido possível.

Pois ele pode tratar essa condição da maneira mais rápida e menos dolorida possível, sempre garantindo que o paciente consiga tratar seu problema sentindo o mínimo de dor possível.

Como tratar o dente quebrado?

O dente quebrado é uma complicação que é necessário que o paciente busque por ajuda de um profissional, pois somente ele é capaz de tratar o dente quebrado da maneira correta.

Em alguns casos, o dentista pode pedir que o paciente faça um raio X de dente para que ele possa realizar uma avaliação completa da situação.

Além disso, o método de tratamento varia de acordo com a causa e o tamanho da fratura e também pode mudar caso o paciente consiga guardar o pedaço que corresponde à fratura dentária.

Dessa maneira, caso seja possível o dentista realizar a colagem do fragmento só é necessário realizar uma limpeza para limpar o local.

Sendo assim, além da colagem, também existem os procedimentos de restauração, polimento e até mesmo extração e fixação de uma prótese unitária.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista oferecem ao paciente a oportunidade de possuir um acompanhamento odontológico que permite que o dentista possa identificar qualquer indício de dente quebrado, além de confirmar ou não sua presença.

Por meio delas, o paciente também consegue relatar qualquer tipo de sintoma anormal que ele esteja sentindo, e assim o dentista consegue iniciar o processo de avaliação para identificar os problemas.

Ele também consegue garantir que o tratamento de problemas como o tártaro e a cárie, sejam tratados logo em seu início, evitando que se tornem complicações severas.

Além disso, por meio delas também é possível efetuar a profilaxia, que é limpeza profissional dos dentes e deve ser feita de 6 em 6 meses para a manutenção da higiene dos dentes.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário