Saúde Bucal

Manter uma boa higiene bucal é muito importante para garantir a saúde de nossa boca, e o fio dental possui um papel fundamental nesta higienização. Ele é um dos instrumentos que auxiliam na higienização correta da boca.

Neste texto saiba mais sobre o fio dental, como usá-lo e quais os benefícios que o seu uso oferece.

como passar fio dental corretamente

Fio dental: como usar

Todo mundo sabe que se deve usar o fio dental todos os dias na hora da escovação, e muitas pessoas mesmo sabendo disso insistem em deixar de lado o uso do fio dental. E esse hábito pode estar prejudicando e muito a sua escovação.

Ele consegue ir aos lugares onde a escova não consegue alcançar facilmente, removendo a placa bacteriana e os alimentos que estão sob a gengiva e entre os dentes. 

Esse acúmulo de placa é a causa de cáries e gengivite, e por isso o uso do fio dental diariamente é tão recomendado.

Trouxemos algumas dicas para te ajudar a fazer o uso correto do fio dental.

Enrole cerca de 40 centímetros do fio em volta do seu dedo médio, deixando dez centímetros entre os dedos.

Segure o fio dental entre o polegar e o indicador das duas mãos, depois o deslize levemente para cima e para baixo entre os dentes.

Passe o também cuidadosamente ao redor da base de cada dente, até a linha de junção do dente com a gengiva. Não force o fio contra a gengiva, ele pode acabar machucando ou cortando o tecido da gengiva.

Use uma parte nova do pedaço de fio dental a cada novo dente a ser limpo.

Para tirar o fio, faça movimentos de trás para frente, retire o meio dos dentes.

Que tipo de fio dental devo usar?

Existem hoje no mercado dois tipos de fio dental, os de nylon e os de PTFE. Vamos falar um pouco sobre esses dois tipos e te ajudar a escolher qual o melhor para você.

Fio de nylon (ou multifilamento)

Os fios de nylon, encerados ou não, possuem uma variedade de sabores, por ser composto por muitas fibras de nylon, ele pode rasgar ou desfiar facilmente, principalmente em pessoas em que os dentes estão muito juntos.

Fio PTFE (monofilamento)

Mesmo sendo mais caro, o fio de filamento único ou PTFE pode deslizar facilmente entre os dentes, mesmo os que não possuem muito espaço, e não se romper. Se forem usados da forma correta os dois tipos podem remover a placa bacteriana e os restos de alimentos, uma limpeza de dente realizada com o profissional também pode ajudar.

Quanto custa um fio dental?

O valor de um fio dental pode variar dependendo de vários fatores, como a região e o tipo de fio dental. O fio TPFE por exemplo, é mais caro que o outro tipo, pelo material que é feito. Outro fator que pode influenciar na mudança de preços é a quantidade da embalagem.

Por isso, não há um único valor do fio dental, para descobrir essa informação será preciso fazer uma pesquisa da média dos preços, qual é o tamanho do fio dental que está procurando e a região onde vai comprar.

como usar fio dental corretamente

Dicas para te ajudar a manter a higiene bucal

Mas usar o fio dental sozinho, assim como a escovação sozinha não vai te entregar o resultado que você espera. É importante também que você tome alguns outros cuidados, para realizar a limpeza correta e garantir a boa higienização da boca.

Separamos aqui alguns outros cuidados que em conjunto com o uso do fio dental, irão te entregar bons resultados com sua higiene bucal.

Troque sua escova

Quanto mais velha for sua escova, maiores as chances dela acumular bactérias e desgastar suas cerdas, por isso é importante que você realize a troca dela no mínimo de 3 em 3 meses. Pois, ao invés de estar realizando a limpeza com a sua escova você estará levando ainda mais bactérias para a boca.

Tenha cuidado e calma na hora de escovar os dentes

Quando escovamos os dentes de maneira muito brusca, podemos acabar machucando a boca e desgastando o esmalte dos dentes. 

Invista tempo na hora da escovação e garanta que ela esteja sendo realizada da maneira correta, faça movimentos suaves e dedique no mínimo 2 minutos a sua escovação.

Não se esqueça da língua

Você não deve esquecer a língua na hora de realizar sua higienização bucal, nossa boca não é composta somente pelos dentes, a língua é muito esquecida e ela ainda pode favorecer a proliferação de bactérias devido a sua textura áspera.

Além de atrair bactérias, os restos de comida que se acumulam sobre a língua podem causar mau hálito. Atualmente existem raspadores próprios para a língua, e também algumas escovas já vêm com uma parte própria para realizar essa função.

Escolha a pasta de dente certa

Existem algumas pastas de dente que são abrasivas e prejudicam o esmalte do dente, por isso na hora de comprar sua pasta de dente fique atento a composição do produto, dê preferência aquelas que contêm flúor e cálcio.

E se você tiver sensibilidade nos dentes, procure pastas de dente que sejam adequadas a esse problema.

Espere 30 minutos após as refeições para escovar os dentes

Alguns alimentos e bebidas ácidas, como o suco de laranja e o refrigerante, podem deixar o esmalte dos dentes sensível. E por isso, é muito importante esperar o pH da boca se equilibrar, antes de realizar a escovação.

Mas caso não possa esperar, tome um copo de leite antes de escovar os dentes para equilibrar o pH da boca.

Sempre escove os dentes antes de dormir

No período da noite, a salivação é menor, e ela é quem ajuda a limpar os dentes. Por isso, o efeito de proteger os dentes que a saliva oferece praticamente desaparece, o que deixa os dentes muito vulneráveis. Portanto, escovar os dentes antes de dormir é essencial.

Evite consumir alimentos que facilitam o surgimento de cáries

Alimentos muito doces como balas, chicletes e guloseimas podem prejudicar a saúde de sua boca. Esses e alguns outros alimentos ricos em açúcar atraem bactérias à boca o que pode provocar cáries e várias outras doenças nos dentes, boca e gengivas.

Por isso, fuja deste tipo de alimento e sempre escove os dentes com atenção após a sua ingestão.

Visite seu dentista regularmente

E mesmo tomando todos estes cuidados que foram citados, é importante que você realize o check up com seu dentista no mínimo de 6 em 6 meses. 

E após realizar a consulta, com o profissional ele poderá fazer o diagnóstico preventivo e realizar os tratamentos que forem necessários, logo no início de algum problema que surgir, facilitando o processo.

Quanto antes se iniciar o tratamento melhores serão os resultados. Além disso, o dentista é o responsável por realizar a limpeza profissional e completa feita com a aplicação do flúor. Ele também irá dar dicas de como prevenir os problemas bucais que possam ocorrer.

As consultas com o profissional são muito importantes, para que você possa garantir uma boa saúde de sua boca. Um bom plano odontológico pode te ajudar a encontrar os melhores profissionais para te atender e ainda oferecer serviços de qualidade e ainda com bons preços.

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário