Saúde Bucal

Herpes labial que por início se mostra apenas como uma ferida nos lábios, se trata de uma infecção viral que pode causar coceira e uma sensação de ardência. O vírus da herpe, por sua vez, pode ser combatido com o tratamento e com a medicação.

A ferida da herpes labial pode ser identificada inicialmente por bolinhas, e requer um tratamento específico o quanto antes.

Saiba sobre a herpes labial, suas particularidades, tratamento e o melhor remédio. Boa leitura!

Afinal, o que é Herpes?

A herpes é uma virose causada pelo vírus HSV e que pode aparecer em qualquer lugar do corpo que tenha o contágio. Esse vírus pode se dividir em dois tipos, o que é associado às lesões orais, e o que é identificado por lesões genitais, correspondendo a cerca de 80 a 90% de seus casos.

o que é herpes labial

O que é Herpes Labial?

A herpes labial corresponde ao primeiro tipo citado da herpes, que nesse caso pode se externar na extensão dos lábios, do tecido gengival e da boca. Pode ser detectada por pequenas bolhas, que quando eclodem, formam uma ferida. Essa doença pode causar bastante desconforto, tendo como principais sintomas dor e coceira.

Quais os sintomas da Herpes Labial?

Entre os principais sintomas dessa infecção viral e contagiosa, pode-se destacar:

  •         Dor;
  •         Coceira;
  •         Formação bolhas pequenas que estouram e viram a ferida.

Ademais, dependendo da proporção das lesões, a pessoa também pode sentir febre e o aumento dos gânglios na região da cabeça e pescoço. A herpes labial e seus sintomas perduram de uma a duas semanas, no entanto, o tratamento deve começar logo após a identificação.

Uma vez que não tratada devidamente, a ferida favorece que ainda mais bactérias entrem em contato com a pele.

O que provoca herpes na boca?

A herpes pode ser provocada por uma série de hábitos. Entre as principais causas estão: o contato com outros objetos, compartilhar a escova de dentes e toalhas, e beijar uma pessoa infectada.

Por conseguinte, para quem já se contaminou com a virose, as feridas dos lábios podem aparecer devido a baixa imunidade, além de que pessoas com psicológico abalado podem ser suscetíveis a essas lesões.

Pessoas em estado de estresse, que não possuem o hábito de usar protetor solar e estão vivenciando alterações hormonais também tornam a evolução do vírus ainda mais propícia.

Como ocorre o contágio?

O contágio ocorre quando há o contato direto do local da ferida com a pele ou saliva da pessoa. Quando a pessoa está em sua primeira infecção, pode não sentir os primeiros efeitos, como dor e bolhas, variando com o passar do tempo.

Considere que a contaminação por herpes labial pode ser feita por qualquer pessoa, independente até mesmo de sua idade. Os cuidados preventivos a viroses devem sempre fazer parte da rotina.

tratamento para herpes labial

Tratamento para herpes labial

Não há cura para o vírus da herpes, no entanto, os remédios para o herpes labial, como medicamentos antivirais, podem colaborar para o seu processo de cicatrização de modo mais rápido, diminuindo sua constância.

A ausência de cura da herpes bucal se deve ao fato do contágio se estabelecer latente nos nervos, passando despercebido pelos glóbulos brancos. O vírus da herpes é caracterizado por surtos e, uma vez que a pessoa está vivenciando um desses momentos, se indica que o vírus está se espalhando de novo.

Esse ciclo não tem fim, evidenciando ainda mais a importância do tratamento.

Caso o herpes labial não desapareça dentro de duas semanas, ou caso o quadro se agrave, será preciso consultar o seu médico para que o tratamento ideal seja aderido. Deve-se destacar que cada caso tem suas particularidades.

O que se indica é a busca pela manutenção da imunidade em equilíbrio e o controle da exposição ao sol, fazendo com que as lesões não apareçam com tanta frequência. geralmente, para diminuir os sintomas há a indicação de medicações tópicas ou sistêmicas e além do tratamento de laserterapia leve.

Herpes labial, como prevenir?

Uma vez que a principal forma de contágio é por meio do compartilhamento inadequado de objetos de higiene pessoal, ou objetos como talheres e louças, a principal forma de prevenção será evitar esse tipo de comportamento. Cuidados com a higiene geral, como lavar sempre as mãos após o contato com a ferida, são essenciais.

Nesse sentido, caso você já tenha adquirido herpes labial e saiba de que forma, evite essa ação e tome os devidos cuidados. Em quadros mais graves, a prescrição de medicamentos antivirais de uso diário pode ser feita pelo médico.

Em momentos de crise, é importante evitar fazer com que outras pessoas se contaminem, logo, beijos devem ser adiados. Se o principal vilão de seu quadro é o sol, não deixe de lado o uso do protetor solar e não abuse de suas exposições.

Se preocupe também em ter uma alimentação saudável e em fazer o uso de creme cicatrizante, de acordo com a indicação e a orientação de seu dermatologista.

Qual é o melhor remédio para herpes labial?

Os remédios mais comuns de serem prescritos são comprimidos antivirais. Os antivirais orais mais comuns para o tratamento da herpes labial são o valaciclovir (Valtrex, Herpstal), o fanciclovir (Penvir), aciclovir (Zovirax, Hervirax).

São comumente indicados em casos mais graves e diante a contaminação de pessoas imunocomprometidas, ou seja, que correm o risco de desenvolver complicações. Ademais, também podem ser usados como tratamento duradouro, prevenindo recidivas, mas somente sob a indicação médica.

Pomada para herpes labial

Além da medicação por comprimido, outra abordagem para conter as feridas causadas pela herpes labial. As pomadas específicas pela herpes labial possuem uma composição antiviral e que colabora para a eliminação do vírus do Herpes, auxiliando na cicatrização mais rápida do lábio.

Entre as pomadas mais recomendadas para esse caso estão a flancomax (fanciclovir), Zovirax (Aciclovir), Penvir Lábia (Penciclovir).

Essa forma de tratamento pode ter orientação de um clínico geral ou farmacêutico. Vale destacar que deve-se ter atenção e tomar cuidado para que não contamine outras pessoas, evitando contato logo após. Não divida de forma alguma toalha, copos, talheres e escova de dente.

Pode ser usada de 3 a 4 vezes por dia para garantir seu efeito. A cicatrização geralmente demora uma semana, podendo resolver a dor após 2 ou 3 dias. O uso da pomada pode não ser suficiente, sendo geralmente intermediado pelos comprimidos antivirais.

Tratamento por curativos líquidos

Bem como, há no mercado adesivos líquidos transparentes que podem ser uma alternativa ao uso das pomadas. Possuem a mesma finalidade, ajudando na cicatrização e no alívio da dor local. Ademais, esses curativos líquidos atuam barrando a contaminação e a propagação do vírus, sendo uma solução discreta, mas que, porém, não atua como antiviral.

Qual o tratamento caseiro da Herpes Labial?

Outra abordagem comum para o alívio dos sintomas da herpes labial e a remoção das bolhas, são os métodos caseiros.

Entre essas receitas estão:

  •         Chá de Salsaparrilha (contra a inflamação);
  •         Chá de amora (secagem e cicatrização);
  •         Chá Preto (coceira e a ardência);
  •         Chá de Flores de Calêndula (coceira e incômodo);
  •         Xarope de Bardana (feridas);
  •         Extrato de Própolis (feridas);
  •         Jambu (desconforto e ferida);
  •         Erva Cidreira (desconforto e ferida);
  •         Dente de alho (antibiótico natural).

Por fim, procure manter uma dieta saudável já que ingerir alimentos industrializados podem agravar o quadro das feridas bucais. Alimentos e suplementos ricos em arginina podem causar uma crise de herpes labial.

visitas regulares ao dentista

Visitas regulares ao dentista

Além dos cuidados com a alimentação, as visitas periódicas ao consultório odontológico são essenciais para a avaliação geral da saúde bucal, identificando problemas como esse em sua fase inicial.

É mantendo as visitas regulares ao odontologista, assim como uma higiene bucal adequada, que mantém uma zona bucal saudável e um sorriso ainda mais bonito.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário