Saúde Bucal

A língua pilosa é uma condição anormal da língua que pode acontecer devido a alguns fatores externos juntamente com alguns fatores genéticos.

Dessa maneira, para saber mais a respeito dessa condição chamada língua pilosa continue acompanhando o artigo abaixo:

O que é língua pilosa?

Quando a língua está em sua condição natural, ela apresenta uma coloração rosada e livre de qualquer mancha ou similares.

Já a língua pilosa, também chamada de língua preta, não é um problema muito grave, e geralmente acontece por conta de alguma infecção.

Sendo assim, esse problema consiste no acúmulo de microrganismos e tecidos mortos sobre a superfície da língua, o que acaba alterando sua cor.

Como se desenvolve?

Geralmente a língua pilosa é uma condição derivada do acúmulo de partículas sobre a superfície da língua.

Porém, essa condição normalmente acontece devido a pré-existência de papilas gustativas altas. Papilas gustativas é o nome dado às estruturas que compõem a superfície da língua.

No entanto, algumas vezes essas papilas gustativas possuem o tamanho maior que o normal, o que deixa a língua com um aspecto “cabeludo”.

Por sua vez, isso acaba deixando a língua mais suscetível a acumular bactérias, fungos e partículas de pele morta.

Portanto, isso em conjunto com hábitos como o consumo de cigarros e má higiene bucal, e outras condições como uso de determinados remédios e a boca seca contribuem para o surgimento da língua pilosa.

língua negra pilosa

Sintomas da língua negra pilosa

A língua pilosa é uma condição que pode apresentar alguns sintomas que estão relacionados ao acúmulo de resíduos e microrganismos sobre a língua.

Sendo assim, os sintomas relacionados à língua pilosa são:

  • Sensação de língua cabeluda: que é causada pelo crescimento excessivo das papilas gustativas;
  • Sabor metálico na boca: gerado pela presença dos microrganismos e restos de pele mortas sobre a língua;
  • Halitose: que também é causada pelo acúmulo de partículas sobre a língua;
  • Aparecimento da língua preta, que é a condição característica da língua pilosa.

Portanto, caso perceba algum desses sintomas, é recomendado que o paciente procure um dentista o mais rápido possível para iniciar o tratamento dessa condição.

Como tratar a língua pilosa?

A língua pilosa é uma condição que afeta diretamente a língua do paciente, e que apesar de não ser preocupante, pode interferir na vida do paciente devido ao fato de provocar halitose e deixar um gosto ruim na boca.

Portanto, para a felicidade de muitos pacientes, essa condição possui um tratamento e maneiras de evitá-la.

Dessa maneira, para remover essa camada preta de cima da língua é importante que o paciente tenha uma boa higiene bucal.

Além disso, para tratar essa condição é importante que o paciente realize o acompanhamento com um dentista, visto que ele sabe a melhor maneira de lidar com essa condição.

Sendo assim, o tratamento ideal responsável por remover a língua pilosa é feito por um dentista ou profissional da saúde, pois eles podem identificar a causa e tratá-la.

Como fazer a limpeza da língua?

A higienização da língua é muito importante para evitar o aparecimento da língua pilosa, portanto, para higienizá-la o paciente deve manter uma boa escovação e boa utilização do fio dental.

Isso serve para evitar que partículas de alimentos presos neles possam cair sobre a língua, além disso, é recomendado utilizar um limpador ou raspador de língua.

Eles são objetos responsáveis por remover toda a camada de resíduos de cima da língua e podem ser auxiliados com o uso de um limpador de língua em spray que serve para ajudar a desprender as partículas de cima da língua.

Dessa maneira, com a utilização de ambos e uma boa escovação dos dentes é possível manter a língua livre da camada preta e outras complicações derivadas da má higienização.

Outras complicações que afetam a língua

Outras complicações que afetam a língua

Além da língua pilosa existem outras complicações que podem afetar a língua, que são:

Saburra lingual

A saburra lingual, comumente conhecida como língua branca, é aquela camada branca formada sobre a língua.

Geralmente ela se forma devido a má higienização, passar longos períodos sem comer ou pela boca seca.

Assim como a língua pilosa, ela é responsável por causar a formação de uma camada sobre a língua que pode causar mau hálito e deixar um gosto ruim na boca.

Para evitar essa condição, é importante manter-se hidratado, evitar passar longos períodos sem comer e realizar uma boa higienização da língua.

Língua geográfica

A língua geográfica é uma condição que provoca:

  • Aparecimento de manchas vermelhas na língua, que formam uma imagem semelhante a um mapa;
  • Língua com bordas mais claras;
  • Falta de papilas na região afetada;
  • Dor e desconforto ao ingerir alimentos ácidos, apimentados ou muito condimentados.

A causa dessa condição não é certa, portanto, existem várias causas possíveis para o seu desenvolvimento, sendo elas:

  • Genética;
  • Machucados na língua;
  • Doenças respiratórias alérgicas;
  • Déficit vitamínico;
  • Uso de alguns remédios.

Além disso, a língua geográfica tende a desaparecer sozinha, porém em alguns casos em que há muita dor e desconforto o médico pode indicar o uso de alguns analgésicos, antibióticos ou corticóides para aliviar e tratar essa condição.

Língua rachada

A língua rachada não apresenta nenhum outro tipo de sintoma além da rachadura, porém é importante atentar-se a essa condição, pois esses cortes na língua são locais perfeitos para o desenvolvimento de microrganismos.

Essa condição não possui um motivo certo, portanto, não há um tratamento ideal. Sendo assim, como maneira de evitar a língua rachada, é recomendado manter uma boa higienização da boca.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista são responsáveis por permitir que o paciente possa ter todo o acompanhamento necessário e possa tratar a língua pilosa.

Por meio delas, o paciente também consegue relatar qualquer tipo de sintoma anormal que ele esteja sentindo, e assim o dentista consegue iniciar o processo de avaliação para identificar os problemas.

Ele também consegue garantir que o tratamento de problemas como o tártaro e a cárie, sejam tratados logo em seu início, evitando que se tornem complicações severas.

Além disso, por meio delas também é possível efetuar a profilaxia, que é limpeza profissional dos dentes e deve ser feita de 6 em 6 meses para a manutenção da higiene dos dentes.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário