Saúde Bucal

A sensibilidade nos dentes é um problema que pode ser provocado por diversos fatores que geralmente estão associados ao desgaste do esmalte dentário ou a retração gengival.

Para saber mais sobre o que é bom para sensibilidade nos dentes continue acompanhando o artigo abaixo:

O que é sensibilidade nos dentes?

A sensibilidade nos dentes é caracterizada por uma dor aguda e ligeira, ou seja, ela tende a incomodar apenas por um curto período de tempo durante a exposição dos dentes.

Geralmente isso tende a ocorrer por conta da exposição da dentina, que pode deixar o dente mais sensível a alimentos muito quentes ou muito frios.

paciente tentando descobrir o que causa sensibilidade nos dentes

Banner "conheça os planos dentalvidas"

O que causa sensibilidade nos dentes?

Assim como foi dito anteriormente, a sensibilidade nos dentes é provocada por uma exposição da dentina, que ocorre devido ao desgaste do esmalte dentário ou retração gengival.

Esta exposição da dentina pode acabar provocando a sensibilidade devido ao fato de ela ser uma camada muito porosa, o que pode acabar fazendo com que as mudanças de temperatura afetem a polpa dentária, provocando o desconforto.

Existem alguns fatores que podem provocar contribuir para a exposição da dentina, resultando no desconforto proporcionado pela sensibilidade. Sendo assim, confira quais são eles:

Problemas de saúde bucal

Existem diversos problemas de saúde bucal que podem provocar o desgaste do esmalte dentário ou a retração gengival, provocando o surgimento da sensibilidade.

Estes problemas geralmente surgem por conta de maus cuidados de higienização bucal, visto que isto pode provocar o acúmulo de bactérias na superfície dos dentes.

Quando estas bactérias digerem as partículas de alimentos sobre os dentes elas produzem um ácido que é corrosivo para os dentes e vai desgastando a superfície dos dentes vagarosamente.

Com o passar do tempo, este acúmulo de bactérias pode se desenvolver para uma cárie e acabar comprometendo a integridade dos dentes provocando muita dor.

Além das cáries, também pode ocorrer a retração gengival, que consiste no recuo da linha da gengiva que fica sobre os dentes, expondo parte de sua raiz.

Isto pode ocorrer por conta de uma inflamação do tecido gengival causada por bactérias, ou pelo uso de força excessiva durante a escovação dos dentes.

Consumo de alimentos ácidos

O consumo constante de alimentos e bebidas ácidas podem provocar um desgaste gradual do esmalte dentário de forma que ele vai se corroendo com o passar do tempo ficando mais fina.

Esse desgaste acaba expondo a dentina do paciente, o que acaba provocando assim a sensibilidade dental.

Refluxo gastroesofágico

O refluxo gastroesofágico consiste no retorno do conteúdo estomacal pelo esôfago, podendo alcançar a cavidade bucal.

Assim como sabemos, o estômago produz um ácido responsável por digerir os alimentos, no entanto, quando este ácido chega a cavidade oral, ele corrói o esmalte dentário, podendo provocar a sensibilidade dentária.

Bruxismo

O bruxismo é caracterizado pelo ato de ranger ou apertar os dentes e pode ocorrer tanto durante o sono quanto durante o período em que o paciente está acordado.

Quando o paciente sofre com o bruxismo excêntrico, que é o caracterizado pelo ranger de dentes, pode ocorrer o desgaste dentário por conta do ranger e este desgaste acaba afinando a camada de esmalte, resultando na sensibilidade.

Escovação inadequada

A escovação inadequada dos dentes responsável por provocar o bruxismo diz respeito ao uso de força excessiva e ao uso de escovas de dente com cerdas rígidas.

Estes hábitos podem provocar o desgaste do esmalte dentário, devido ao fato de a força excessiva danificar o esmalte dentário, e a retração gengival, devido ao fato de a força e as cerdas mais rígidas empurrarem a gengiva.

paciente perguntando o que é bom para sensibilidade nos dentes

Veja o que é bom para sensibilidade nos dentes?

Assim como vimos anteriormente, a sensibilidade pode ser provocada por inúmeros fatores que se resumem ao desgaste do esmalte dentário e a retração gengival.

Para reduzir os sintomas ou prevenir a sensibilidade existem algumas ações que podem ser tomadas, sendo assim, confira o que é bom para sensibilidade nos dentes:

Higienize os dentes da forma correta

Assim como vimos anteriormente, o uso de força excessiva e de escovas de dentes com cerdas rígidas podem acabar provocando o desgaste do esmalte dentário ou a retração do tecido gengival.

Desta forma, é indicado que durante a escovação o paciente aplique apenas a força necessária e utilize escova de cerdas macias, pois desta forma não haverá o desgaste dos dentes nem a retração da gengiva.

Além disso, também é importante escovar os dentes da maneira adequada, com movimentos circulares, garantindo assim a remoção de grande parte da placa bacteriana.

Para complementar a higienização bucal o paciente deve utilizar o fio dental, removendo assim o restante de placa bacteriana que restou da escovação.

Dessa forma, é possível prevenir o acúmulo de bactérias e consequentemente prevenir as complicações derivadas deste acúmulo que podem provocar.

Utilize produtos dentais adequados

Quando o paciente já sofre de sensibilidade dentária, ele pode recorrer ao uso de produtos próprios para quem possui esta condição.

Estes produtos podem contribuir para um alívio dos sintomas, garantindo que o paciente sinta menos incômodos ao ingerir alimentos ou bebidas muito quentes ou muito frias.

Sendo assim, para escolher os produtos adequados é recomendado consultar-se com um profissional para que ele possa indicar os melhores produtos e realizar algum outro tipo de tratamento que possa contribuir.

Procure tratar condições que podem provocar a sensibilidade

As principais condições que podem provocar a sensibilidade nos dentes são o bruxismo e o refluxo gastroesofágico, visto que elas provocam um desgaste dos dentes, o que pode causar a sensibilidade.

Sendo assim, quando o paciente identificar alguma dessas duas condições, é importante que ele procure um profissional para iniciar o tratamento.

Seu tratamento é importante pois além de prevenir a sensibilidade dentária, ele também previne o surgimento de outras condições, como problemas na ATM ou deixar a garganta inflamada e suscetível a infecções.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista garantem que o dentista possa identificar e indicar o que é bom para sensibilidades nos dentes, garantindo assim o alívio dos sintomas.

Além disso, ele é capaz de descobrir o motivo por trás delas e tratá-las de modo que não ocorram novamente.

Elas também garantem a possibilidade de realizar a profilaxia dental, que é a limpeza profissional dos dentes que deve ser realizada de 6 em 6 meses.

Além disso, é apenas por meio da profilaxia que o dentista é capaz de realizar a remoção de indícios de placa bacteriana e tártaro no dente.

As visitas regulares também permitem ao dentista avaliar os hábitos de higiene bucal do paciente e recomendar a melhora ou adoção de novos, caso veja necessidade.

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Banner "conheça os planos dentalvidas"

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário

Qual o melhor remédio para dor de dente? SAIBA AQUI Quais são os tipos de lesão bucal? DESCUBRA AQUI Cores de aparelho que não desbota? Veja aqui quais são! Qual o melhor remédio para mau hálito? Confira a lista Invisalign: descubra quais são as vantagens do aparelho Como ter os dentes perfeitos dos sonhos? CONFIRA Descubra os tipos de piercing na boca e como cuidar Conheça as causas por trás do DENTE TORTO
Qual o melhor remédio para dor de dente? SAIBA AQUI Quais são os tipos de lesão bucal? DESCUBRA AQUI Cores de aparelho que não desbota? Veja aqui quais são! Qual o melhor remédio para mau hálito? Confira a lista Invisalign: descubra quais são as vantagens do aparelho Como ter os dentes perfeitos dos sonhos? CONFIRA Descubra os tipos de piercing na boca e como cuidar Conheça as causas por trás do DENTE TORTO