Especialidades

A odontopediatria, assim como o nome sugere, é um ramo da odontologia que é responsável por atender crianças.

Sendo assim, eles não atendem somente crianças por acaso. Portanto, confira aqui o que faz um odontopediatra assim como o que o diferencia de um dentista comum:

O que é odontopediatria?

A odontopediatria é a área da odontologia focada no atendimento de crianças de todas as idades. Desse modo, ela é responsável por identificar e tratar problemas de saúde bucal dos pacientes que ainda estão na fase da infância.

Além disso, o profissional dessa área também pode indicar maneiras de melhorar a higiene bucal dos pequenos. Sendo assim, o odontopediatra é encarregado de acompanhar todo o tratamento odontológico da criança até que ela atinja a fase adulta.

Apesar de o nome sugerir ser uma área que cuida apenas de crianças, a odontopediatria também é responsável por tratar adolescentes e até mesmo a mamãe que está realizando seu pré-natal.

Um odontopediatra é tão capaz de realizar outros procedimentos odontológicos quanto um dentista geral, visto que ele também teve que passar por todo curso de odontologia do mesmo modo.

Qual a diferença entre um odontopediatra e um dentista geral?

Ambos os profissionais são formados em odontologia, o que garante que todos eles sejam capazes de realizar os mesmos procedimentos odontológicos.

Então, se ambos podem exercer as mesmas funções, qual a diferença entre eles?

A grande diferença entre os dois está em sua especialização. O dentista geral é capacitado para atender o público de modo geral, independente da idade.

Sendo que dependendo do procedimento procurado pelo paciente ele pode encaminhá-lo para um dentista especializado na área.

Já o profissional especializado na odontopediatria além de possuir capacidade para atender de maneira geral qualquer paciente, porém eles possuem foco no atendimento infantil.

Sendo assim, eles possuem a habilidade de realizar um atendimento lúdico, ou seja, o odontopediatra consegue transformar o consultório em um ambiente que a criança se sinta bem.

Dessa maneira ele é capaz de deixá-la à vontade e encorajá-la a não ter medo do consultório, o que é bastante comum nessa idade.

Eles também utilizam um vocabulário mais simples e fácil, além de sempre tomarem cuidado com o que falam na frente das crianças para não assustá-las.

Qual a importância da odontopediatria

Qual a importância da odontopediatria?

A odontopediatria é um ramo extremamente importante da odontologia visto que a maior parte dos problemas odontológicos podem ser corrigidos mais facilmente caso seu tratamento se inicie durante a infância.

Além disso, a infância é a melhor época para começar a adotar bons hábitos de higiene bucal, o que faz com que problemas futuros derivados da má higiene possam ser evitados.

Dessa maneira, através do acompanhamento odontológico iniciado durante a infância é possível prevenir e tratar possíveis complicações.

Tais como, cárie de mamadeira, possíveis fraturas, que é bastante comum entre as crianças e cuidar de quedas prematuras assim como da retenção prolongada dos dentes.

Esses são apenas alguns dos problemas que a odontopediatria é capaz de tratar precocemente antes que se torne um grande problema.

Outro grande fator que aumenta a relevância desse ramo é a capacidade de atender a criança de modo que ela se sinta à vontade.

Durante o atendimento, o dentista tenta criar um laço de confiança com o paciente, tentando deixá-lo o mais confortável possível.

Dessa forma, após a criação desses laços é possível realizar o tratamento de modo mais tranquilo, sem a necessidade de forçar os pequenos a nada.

Com a confiança, o odontopediatra também garante que o paciente se abra e converse a respeito do que o incomoda, tornando o diagnóstico e o tratamento mais fácil.

O profissional da odontopediatria também é responsável por evitar e tratar traumas psicológicos derivados do consultório odontológico.

Sendo assim, essa área garante que os pequenos tenham instruções corretas quanto à higiene bucal, além de tratar problemas de má-oclusão e de saúde oral de modo que eles compreendam e se sintam confortáveis.

O que um odontopediatra faz?

Assim como um dentista comum, o odontopediatra é responsável por cuidar da saúde bucal geral. Porém, diferentemente do geral, ele é especializado no atendimento de crianças e adolescentes.

Desse modo, ele é responsável por tornar o consultório um local agradável para o paciente de maneira que ele se sinta à vontade em realizar os procedimentos.

Além disso, ele trata e previne problemas relacionados à saúde bucal durante a infância, além de também passar instruções sobre uma boa higiene bucal.

A odontopediatria também pode trabalhar em conjunto com a pediatria para tratar certos problemas que envolvem os dois ramos.

Essa parceria é vista principalmente nos casos de câncer infantil, visto que o tratamento de radioterapia afeta bastante a saúde bucal.

Sendo assim, o odontopediatra é responsável por tratar desses pacientes, visto que eles necessitam de uma atenção mais que especial.

Nesse caso é possível perceber a importância do atendimento voltado para crianças, pois nem sempre esses pacientes aceitam bem a situação em que estão.

Portanto, é necessário que exista um profissional qualificado para atendê-los de modo que consigam tratar os problemas que acometem pacientes que são afetados por essa doença.

Odontopediatria no tratamento de PcD

Recentemente houve um crescimento da conscientização e adaptação para pessoas com deficiência, além do aumento de informações a respeito das deficiências invisíveis.

Como exemplo de deficiências invisíveis, temos casos de TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade), TEA (Transtorno do Espectro Autista) e dislexia.

Apesar de em casos mais graves esses transtornos ficarem mais evidentes, eles costumavam ser “ignorados” em casos moderados e leves.

Portanto, o aumento da conscientização a respeito das deficiências invisíveis provocou um aumento da capacitação tanto de profissionais capacitados quanto de ambientes adequados para atendê-los.

Sendo assim, o odontopediatra possui um grande papel quando se trata do atendimento a essas crianças, visto que eles possuem informações e técnicas que os auxiliam a atendê-los da melhor maneira possível.

Com que idade a criança deve começar a frequentar um odontopediatra

Com que idade a criança deve começar a frequentar um odontopediatra?

Assim como o acompanhamento médico, o odontológico também é muito importante para a prevenção e tratamento de doenças bucais, como sapinho, inflamação dos lábios e na gengiva, por exemplo.

Desse modo, recomenda-se que a criança passe a visitar o consultório odontológico a partir do nascimento do primeiro dente.

Essas visitas proporcionarão ao dentista a oportunidade de orientar os pais a respeito de como cuidar da saúde bucal da criança, além de tratar qualquer tipo de complicação que possa surgir.

Além disso, o acompanhamento não deve ser interrompido, pois ele é necessário para a manutenção da boa saúde bucal.

Visitas regulares ao dentista

Independentemente da idade, as visitas regulares ao dentista são extremamente importantes, visto que elas são capazes de tratar e prevenir doenças bucais.

Além disso, esse acompanhamento deve-se começar desde a infância com as idas ao odontopediatra, para que ele possa auxiliar no cuidado com a saúde bucal da criança desde cedo.

Isso se faz necessário para que a criança adote bons hábitos de higiene bucal desde pequena. Desse modo, é possível prevenir problemas futuros relacionados a má higienização.

Por meio dessas visitas, é possível realizar prevenções, receber dicas de cuidados e efetuar procedimentos como a profilaxia, limpeza profissional dos dentes, que deve ser feita de 6 em 6 meses.

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário