Plano Odontológico

Será que contratar um plano odontológico vale mesmo a pena pagar? Há algum tempo atrás, a demanda por um dentista era feita unicamente em casos emergenciais ou de real necessidade, no entanto todos entendemos que nosso sorriso é nosso cartão de visitas. Logo ele requer tanto zelo quanto o restante de nosso corpo. Desta forma, porque não dar a ele o valor especial que ele vale?

Com isso, para conservar um sorriso saudável e admirável, devemos realizar visitas regulares ao dentista, e fazer procedimentos que muitas vezes não são baratos. E é nessa situação que você se pergunta se contratar um plano odontológico vale mesmo a pena?

Para lidar a essa pergunta, você deve utilizar alguns argumentos na ponta do lápis com: reais necessidades, determinadas vezes você costuma ir ao dentista, suas coberturas oferecidas pelos planos odontológicos entre outros detalhes.

Por que devemos ir ao dentista?

Hoje em dia fica claro que visitar o dentista somente em casos de extrema necessidade já é coisa do passado. Pois sabemos que grande parte dos problemas dentários ou mesmo problemas no restante de nosso corpo com dores cabeça ou problemas cardíacos podem ser contornados fazendo uma visita regularmente a uma clínica odontológica.

Fazendo um check-up com uma certa frequência é possível manter sempre nossa saúde bucal e do corpo em perfeito estado, prevenindo também as cáries dentárias, o mau hálito e outras doenças.

Com essa prevenção de doenças mais serias evitamos muitas das vezes procedimentos caros e de longa duração, que atrapalha a qualidade de vida, a autoestima e também afeta nosso bolso.

Crianças precisam de atenção redobrada

Durante a fase de crescimento das crianças, é o momento em que está se formando a arcada dentária e muitas vezes é nessa hora que se torna necessário e mais eficaz corrigir problemas como alinhamento dos dentes. Tendendo a possuir maiores necessidades odontológicas. Sendo assim visitas ao dentista se tornam mais comuns e muitas das vezes esses tipos de tratamentos possuem um preço mais elevado. E é nessa hora que as opções de planos odontológicos se tornam uma boa solução.

Como é a cobertura dos planos odontológicos

Todos os planos odontológicos oferecem aos conveniados e contratantes do serviço uma cobertura mínima. E a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é o órgão por trás que trabalha na regulamentação e fiscalização de tais serviços.

Um plano odontológico tem como obrigação oferecer cobertura mínima como: periodontia (tratamento de gengiva), endodontia (tratamento de canal), tratamento preventivo, consultas odontológicas, exames odontológicos e até cirurgias orais de pequeno porte.

Já no caso de procedimentos estéticos as coberturas mínimas obrigatórias não cobrem. No entanto, mesmo assim é possível encontrar alguns planos ofertando opções como de clareamentos dentais e tratamentos ortodônticos.

No caso de planos empresariais, na grande maioria das vezes são incluídas e ofertadas coberturas extras. Com o intuito de oferecer condições superiores aos clientes segurados e conseguir a adesão dos mesmos. Porém, seu custo é maior em relação a opção mais básica, mas como na maioria dos casos abrange uma quantidade maior de clientes, seu valor acaba sendo menor do que se comparado com planos individuais.

Uma boa dica é verificar se a empresa onde você trabalha disponibiliza esse tipo de serviço. Mas se caso ela não venha a ofertar algum plano odontológico, é uma boa ideia estar sugerindo para ela adotar esse serviço, conseguindo assim benefícios para você e seus companheiros de trabalho.

Os benefícios por trás de um plano odontológico

Investir em um bom plano odontológico muitas vezes é uma das melhores formas de manter uma saúde bucal sempre em dia. Dessa maneira, elevando sua autoestima e bem-estar, além de melhorar a qualidade de seu sorriso e saúde em geral.

A economia

Temos em mente que uma das formas corretas de economizar dinheiro é buscando se prevenir antes de tudo. Com isso, contratando um plano odontológico, fica fácil e mais em conta fazer consultas periódicas sem se preocupar em gastar, pelo fato destas visitas já estarem inclusas nas parcelas mensais do plano contratado. E de acordo com os dentistas o ideal a cada seis meses é necessário fazer um da situação dos dentes.

As redes credenciadas

As redes credenciadas de um plano odontológico trabalham da seguinte forma: é possível realizar pesquisas para procurar por meio de sites, aplicativos ou até mesmo ligando para própria rede, procurando dessa forma os profissionais e clínicas que atendem pelo seu plano, encontrando também o serviço que você necessita em local perto de você. Assim, evitando problemas como cancelamentos em cima da hora e problemas como atrasos, sendo uma experiência muito mais fácil e prazerosa.

A saúde bucal

Contratar um plano odontológico nos dias de hoje é a melhor forma de manter uma saúde bucal boa. Garantindo que não aconteça problemas inesperados e ficando longe de doenças futuras. Juntando as consultas frequentes ao dentista para uma limpeza de dente e verificar se está tudo ok, com uma higienização bucal de qualidade é garantia de manter sempre um sorriso livre de doenças e sempre bonito.

               
Artigo anterior

Comentário para “Plano Odontológico: vale a pena pagar?

Deixe seu comentário