Saúde Bucal

Prótese dentária é uma forma de devolver o sorriso de alguém. Afinal, existem diferentes formas de ser perder um dente, e quando isso acontece, a prótese dentária entra em ação.

Um acidente ou mau hábitos de higiene bucal levam a queda de dentes. Neste caso, este texto terá todas as informações a respeito da prótese dentária.

Aqui estão reunidas todas as informações, como preço, tipos, entre outros sobre prótese dentária. Veja aqui tudo o que você precisa saber:

Prótese dentaria, o que é?

Prótese é um dispositivo que substitui uma parte perdida, total ou parcialmente. Por exemplo, quando se perde um órgão, um membro e um dente, que é quando necessita de uma prótese dentária.

Sendo assim, no caso desse tipo de prótese, ela tem como objetivo preencher a falta de um ou mais dentes.

Prótese dentária, por que usar?

A perda de um ou mais dentes é uma situação que gera constrangimento. Afinal, o sorriso é um dos principais pontos no quesito autoestima, além de causar impacto nas relações pessoais tanto quando nas profissionais.

Contudo, a ausência dos dentes pode levar à problemas de saúde, por exemplo, no aparelho digestivo, que devido a deficiência mastigatória, tem a primeira fase do processo de digestão alterada.

Pelo fato de que os dentes têm como principal função, triturar os alimentos. Mas quando isso não acontece de forma correta, complicações como dores estomacais, entre outras, acontecem.

No entanto, não é só este problema que a perda dos dentes causa. Por causa dessa falha, ocorre a movimentação dos dentes restantes.

Já esse problema acontece porque os dentes “se apoiam” uns nos outros. Logo, quando há um vão, ou seja, o espaço entre os dentes, é possível que eles se movimentem e venha sair da sua posição original, o que compromete além da mastigação, a fala.

Prótese dentaria tipos

A princípio, existem dois tipos de prótese: a removível e a fixa. Porém, há outras opções, de modo que as próteses se dividem em parciais ou totais, com o mesmo objetivo, que é o de substituir todos os dentes ou apenas os que estão faltando.

A prótese dentária removível tem este nome por ser possível removê-la e sua instalação é sua principal vantagem, por causa da facilidade ao instala-la.

Enquanto isso, a prótese fixa, possui uma estrutura parafusada ou encaixada que não permite remoção. Logo, é preciso de mais tempo para concluir o procedimento, porém, ela tem um de dentes mais naturais.

Conheça abaixo outros tipos de próteses dentárias disponíveis no mercado:

Prótese total removível

É a opção para pacientes que teve perda total ou parcial dos dentes. Desse modo, esse tipo de prótese dentária também conhecida como “dentadura”.

Ela é uma estrutura móvel confeccionada sob medida, de maneira que os dentes naturais são substituídos por dentes de acrílico, com a mesma base, formato, tamanho e cor dos dentes anteriores.

Apesar da sua praticidade, muitos pacientes sentem constrangimento por causa do procedimento. No entanto, por causa do avanço tecnológico, é possível criar uma prótese que apresenta um resultado incrível, como se fosse os dentes verdadeiros.

Vale lembrar que quem faz o uso desse tipo de prótese precisa ter uma atenção redobrada com a higiene bucal. Porque, muitas vezes, o fato da pessoa não estar com seus dentes naturais, a leva a acreditar que não há necessidade de escovar os dentes cotidianamente.

Porém, por ser removível, exige uma limpeza mais avançada. Afinal, os restos de alimentos acumulam-se na base e criam assim o ambiente perfeito para que haja proliferação de bactérias.

Também é fundamental que mantenha a escovação da língua para ter uma boa saúde bucal.

Prótese parcial removível

Também conhecida por PPR Roach ou roach é similar a dentadura, porém, é uma sugestão para casos na qual o paciente têm uma boa quantidade de dentes naturais.

A vantagem de usar este tipo de prótese dentária, é o de que não é necessário extrair e nem desgastar nenhum dente, desde que esse esteja em boas condições.

Por ser de fácil instalação e encaixe na boca garante que ela não caia durante atividades diárias, como comer ou falar, por exemplo.

prótese dentária fixa
Modelo de próstese dentária, similar a dentadura.

Prótese fixa

É uma opção para quem precisa repor apenas a perda de um dente. Por isso, ela apresenta todas as funções que um dente normal teria, reestabelecendo o equilíbrio na boca.

É possível que encontre esse tipo de prótese pelo nome de coroa dentária também.  De modo geral, é uma recomendação quando ocorre apenas a perda um dente.

Dessa forma, ela busca retornar as funções estéticas, anatômicas e funcionais são restabelecidas.

Prótese parcial fixa

Essa é indicada para pacientes que perderam uma certa quantidade de dentes, que fez com a extensão e posicionamento dos demais dentes, sofressem algum tipo de mudança.

Por isso, é preciso observar se esse espaço não é grande, caso não seja, ela é a melhor indicação. Porém, é necessário que ao menos, dois dentes (um posterior e outro anterior) sirvam de suporte para a prótese seja aplicada.

Continuando, os dentes de apoio serão desgastados durante o processo para receber a prótese dentária. Com isso, após a implantação do espaço vazio que acontece por causa dos dentes ocupados, será preenchido.

Prótese flexível

Diferente das demais próteses dentárias, a prótese flexível é indicada para pacientes idosos ou para pacientes que precisam de uma prótese provisória em casos de reabilitação.

Seu material é feito de resina flexível, de maneira que esse modelo não utiliza grampos ou estruturas adicionais para fixar.

Prótese sobre implante

Ou overdenture, é um tipo de prótese dentária que é possível utilizar tanto na parte superior da boca, quanto na sua parte inferior.

Esse modelo fica preso a implantes, por isso é uma excelente opção para pessoas que sofrem com reabsorção óssea, que é um processo que compromete a estrutura dos ossos da boca.

A prótese sobre implante é feita utilizando dois sistemas, que são: o O’Ring ou o Barra-Chip.

No O’Ring, a prótese é unida por um anel que é encaixado junto de um componente que é instalado sobre os implantes.

Já no segundo, a prótese é presa por clips presos por uma pequena barra soldada nos implantes.

Quem escolhe esse tipo de tratamento para resolver a perda de dentes precisa ser orientado sobre qual dos dois métodos é melhor para seu caso. Além disso, sua vantagem principal é segurança e estabilidade ao mastigar.

Prótese protocolo

É uma alternativa que tiveram perda total de dentes e é um modelo que pode ser utilizado tanto na arcada superior, quanto na inferior.

Porém, este tipo de procedimento é mais trabalhoso e delicado. Devido ela necessitar de implantes, pinos de titânio, entre outros, que irão funcionar como as raízes dos dentes perdidos.

Depois disso, é preciso aguardar o período chamado de osseointegração, ou seja, é o tempo necessário para que o metal seja integrado ao osso e haja uma cicatrização. Esta fase estando concluída, é feito o molde de instalação da prótese.

Nesse modelo também é possível mais duas opções, que são:

Protocolo sobre implante cerâmico

Sua confecção é feita por resina acrílica, que é substituída por porcelana ou cerâmica.

Pelo dela também ter como vantagem a troca da prótese, até mesmo a cor, ela também é possível deixar a textura melhor, com maior resistência e menos acúmulo de resíduos alimentares.

Protocolo em zircônia

Neste tipo de prótese, o material usado em sua estrutura é a zircônia. Com isso, ela é feita em uma impressora 3D, e a sua maior vantagem é não precisar de soldas ou emendas, que atribui mais resistência à peça.

E esses foram os tipos de prótese dentária. Lembre-se de que quem irá escolher a melhor opção é o dentista, então, ao procurar por esse tratamento, escolha profissionais especializados.

Prótese dentária, como limpar?

Sobretudo, qualquer tipo de prótese exige limpeza, afinal, ela pode acumular restos de alimentos que com o tempo é possível originar cálculos dentários e outros problemas bucais.

Sendo assim, aqui estão alguns hábitos a seguir para higienizar sua prótese dentária:

  • Limpe a prótese após cada refeição, isso não irá deixar resíduos alimentares;
  • Opte por uma escova de dente para higienizá-la. Utilize sabão ou detergente neutros para isso;
  • Higienize a cavidade oral por dentro da boca e para remover resíduos alimentares do palato, língua e gengiva;
  • À noite, remova a prótese dentária a armazene seca após a sua higienização dentro de caixas para aparelhos móveis;
  • Por último, nunca utilize água quente na prótese dentária, do contrário irá deformá-la.

Quando não há higiene na prótese dentária, problemas bucais, como “estomatite de dentadura” – causada por um fungo – provoca lesões e traumas no paciente.

prótese dentária preço
Dentista explicando ao paciente como é feito a prótese dentária, apresentando os tipos e preços de cada uma.

Prótese dentária preço

O valor de uma prótese pode sofrer alterações por diversos fatores, entre eles: material escolhido, tipo de prótese dentária, formato, etc.

Por isso, usaremos um valor em média dentro do mercado. Portanto, por exemplo, a coroa de porcelana, que é um material mais caro, tem o valor mínimo de R$ 1.000,00.

Enquanto que a prótese total inferior ou superior, dentadura, seu valor varia de R$ 1.500 (mil e quinhentos reais) a R$ 129 (cento e vinte e nove reais).

Além do valor da prótese, tenha em mente que também será preciso ter a manutenção, que de modo geral é um valor a parte.

Novamente, utilizando um valor com base no mercado atual, seria em torno de: R$ 66 (sessenta e seis reais) conserto simples, R$ 185 (cento e oitenta e cinco reais) em ponto de solda e R$ 252 (duzentos e cinquenta e dois) em uma prótese dentária.

A DentalVidas oferece diferentes tipos de planos que irão trazer diferentes benefícios. Conheça nossos planos e entre em contato para garantir mais beleza ao seu sorriso.

Gostou do texto, tem um elogio ou crítica? Deixe aqui nos comentários para que mais conteúdo de valor possa ser gerado.

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário