Especialidades

A radiologia odontológica é uma especialidade muito importante no ramo da odontologia visto que ela é responsável pelo fato de que ela consegue proporcionar uma imagem dos dentes e da face do paciente.

E tudo isso é feito de modo que a imagem gerada por esse exame consiga exibir de maneira precisa tudo a respeito da estrutura do dente.

Além do mais, ela pode ser realizada de maneira que possa gerar uma imagem de dentro ou de fora da boca.

Sendo assim, confira mais a seu respeito e saiba quais são os principais tipos de radiologia odontológica:

O que é radiologia odontológica?

A radiologia odontologia é uma área da odontologia responsável por gerar imagens que demonstram o estado dos dentes e/ou alguma estrutura facial do paciente.

Sendo assim, o exame de radiologia baseia-se em uma imagem gerada através da emissão de raios ionizantes que são os responsáveis por gerar a imagem.

Essa emissão por sua vez consegue criar a imagem devido ao fato de que os diferentes tecidos absorvem a radiação de maneira diferente.

Desse modo, os dentes, ossos e estruturas mais rígidas aparecem como formas brancas, enquanto os tecidos moles como gengivas, língua e mucosas aparecem como formas mais escuras.

Isso significa que ele é um exame que serve para demonstrar como se encontram as estruturas dentárias ou da face.

Para que serve?

A radiologia odontológica é um exame fundamental para a odontologia devido ao fato de proporcionar uma imagem dos dentes e dos ossos da face.

Essa imagem gerada por eles permite que o dentista possa analisar a integridade de suas estruturas e identificar possíveis problemas relacionados a elas.

Além disso, ela permite que o dentista possa saber a exata situação dos dentes na hora de iniciar o planejamento de algum tipo de tratamento.

Sendo assim, a radiografia serve para:

  • Analisar a integridade das estruturas da boca e da face;
  • Permitir o estudo de toda a estrutura do dente, desde a raiz até a coroa;
  • Permitir a análise do posicionamento dos dentes na arcada;
  • Auxiliar o profissional na hora de realizar cirurgias;
  • Planejar procedimentos odontológicos, como cirurgias e tratamentos ortodônticos;
  • Diagnosticar fraturas e lesões ósseas;
  • Analisar a viabilidade da instalação de implantes dentários.

Qual a importância da radiologia odontológica?

A radiologia é extremamente importante na odontologia, devido ao fato de que ela auxilia a realizar diversos tipos de procedimentos e também auxilia na identificação de problemas, como cárie, fraturas e outros.

Além disso, ela também auxilia a realizar o planejamento de tratamentos ortodônticos por meio de aparelhos, assim como verificar a viabilidade da instalação de implantes e auxiliar no processo de extração de dentes.

Tipos de exame de radiologia odontológica

Para conseguir atender a todas as demandas da odontologia, há a necessidade de estabelecer diferentes tipos de radiografias.

Esses diferentes tipos são tiradas de diferentes ângulos, aproximações e com diferentes focos. Dessa maneira, os diferentes tipos de exames de radiologia odontológica são:

radiologia interproximal

Radiografia interproximal

O exame de radiografia interproximal, também conhecido como bite-wing, é um tipo de exame que permite a visualização das coroas dentárias dos dentes molares e pré-molares.

Desse modo, ele consegue exibir as coroas 3 coroas dos dentes superiores e 3 inferiores, sendo assim exibe uma imagem de até 6 coroas dentárias.

O nome bite-wing é derivado da forma como o receptor de raios X fica posicionado, que nesse caso é entre os dentes, ou seja, sendo mordida pelo paciente.

Sendo assim, ela geralmente é utilizada para identificar:

  • Complicações que possam surgir no núcleo do dente;
  • Cáries entre os dentes e oclusais;
  • Possíveis fraturas na coroa dentária;
  • Complicações em restaurações dentárias;
  • Reincidência de cáries.

Radiografia oclusal

O raio X oclusal é um tipo de radiografia que oferece aos dentista a possibilidade de avaliar a posição e existência de raízes residuais, dentes inclusos e excedentes.

Sendo assim, a radiografia oclusal é um exame que em seu resultado sai de modo que demonstre toda a arcada do paciente numa visão superior dos dentes, como se o paciente estivesse mordendo a radiografia.

Esse exame possui o objetivo de:

  • Verificação de raízes e/ou pedaços de dente inclusos;
  • Verificação da existência de dentes a mais;
  • Análise de complicações ósseas.

radiologia panoramica

Radiografia panorâmica

A radiografia panorâmica é um tipo de exame que é feito de modo que gere uma imagem equivalente a todos os dentes de maneira frontal.

Dessa maneira, ela consegue gerar uma imagem de todos os dentes de ambas as arcadas em uma única imagem.

Sendo assim, esse exame é utilizado para identificar diversos tipos de complicações nos dentes e também normalmente ele é utilizado como primeira maneira de verificar a existência de alguma complicação.

Caso mesmo assim o dentista não consiga identificar o problema, ele pode solicitar outro tipo de radiografia.

radiologia periapical

Radiografia periapical

A raio X periapical é um exame que geralmente abrange até 3 dentes de uma arcada e é feita de modo que a imagem mostre desde a raiz até a coroa do dente.

Sendo assim, normalmente esse exame é utilizado para verificar complicações que atingem as raízes e coroas dentárias.

Quem pode fazer exame de radiologia odontológica?

A radiologia odontológica pode ser feita por qualquer pessoa, porém, em caso de gravidez ou suspeita é necessário que a paciente avise o profissional responsável pelo exame com antecedência.

Isso se deve ao fato de que os raios ionizantes emitidos pela máquina de raio X podem ser prejudiciais para o feto, portanto, nesses casos é utilizada uma proteção adicional para evitar a exposição.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista são responsáveis por garantir que o dentista possa avaliar as condições de saúde bucal do paciente e, caso necessário, solicitar um exame de radiologia odontológica.

Por meio delas, o paciente também consegue relatar qualquer tipo de sintoma anormal que ele esteja sentindo, e assim o dentista consegue iniciar o processo de avaliação para identificar os problemas.

Ele também consegue garantir que o tratamento de problemas como o tártaro e a cárie, sejam tratados logo em seu início, evitando que se tornem complicações severas.

Além disso, por meio delas também é possível efetuar a profilaxia, que é limpeza profissional dos dentes e deve ser feita de 6 em 6 meses para a manutenção da higiene dos dentes.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Deixe seu comentário