Saúde Bucal

O raspador de língua, tal como a escova de dente, o fio dental e o antisséptico é essencial para uma higienização correta e precisa da zona bucal. No entanto, não é muito levado a sério como os demais e facilmente substituído.

Contudo, já há pesquisas no ramo odontológico que frisam a importância desse objeto para uma limpeza mais eficiente da língua, além da prevenção de mau hálito e da pericoronarite.

Você sabe o que faz o raspador de língua? Qual a sua importância e para que serve? Sabe como escolher o melhor modelo para usar? Veja aqui tudo o que você precisa saber:

O que é o raspador de língua e para que serve?

O raspador ou limpador de língua é um instrumento de higiene bucal que como o próprio nome diz, é utilizado para remover a placa bacteriana acumulada na língua e que por sua vez recebe o nome de saburra lingual

A saburra é formada pela junção de bactérias, resíduos de alimentos e células descamadas da área. 

O uso cotidiano do raspador lingual colabora de forma significante com a redução de bactérias na boca, e assim na prevenção de problemas bucais ligados a sua proliferação como cáries, tártaro e gengivite.

Mesmo sendo considerado um gasto a mais, esse objeto é mais eficiente do que a escova de dente na remoção de placas e resíduos na língua, devendo ser um complemento a escovação. 

Pode ser facilmente encontrado a venda em farmácias e supermercados, sendo encontrado em plástico ou metal (aço inoxidável ou cobre).

Como é o uso do raspador de língua

Como é o uso do raspador de língua?

A passagem do limpador de língua deve ser feita ao menos 2 ou 3 vezes ao dia, mantendo-se assim a sua frequência cotidiana junto aos demais passos da higiene bucal. 

Caso seja mantida a frequência devida alguns benefícios podem ser percebidos após algum tempo, como a melhora do paladar, a diminuição do mau hálito e a ação preventiva das cáries e doenças gengivais resultantes do combate aos microrganismos.

Por seu formato em U e curvatura semelhante a de uma colher, a raspagem da língua é mais fácil e mais precisa de ser realizada. 

O indicado é que primeiramente seja feita a passagem do fio dental e a escovação dos dentes e da língua, fazendo o bochecho com o enxaguante bucal por último. Logo após coloque o raspador no final da língua o qual seja mais confortável e inicie a descida.

Por fim, a passagem deve ser feita suavemente, não causando desconforto algum. É necessário que haja a lavagem do objeto com água morna e sabão depois da passagem. Para um melhor resultado a raspagem deve ser feita mais vezes. Após o processo, enxágue a boca com água e cuspa.

É importante ter cuidado com a profundidade a qual o raspador é colocada na garganta, uma vez que pode causar náuseas e incômodo em meio ao uso. Ademais, vale ressaltar que esses itens não são descartáveis e possuem um longo tempo de uso.

Existem contraindicações de uso?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, antes de introduzir o raspador de língua na rotina é necessário levar em conta a presença de algumas contraindicações. 

Pessoas com feridas e fendas na boca, ou que possuam alguma lesão como aftas ou resultante da herpes não são indicadas a adesão do objeto tendo em vista a sensibilidade da região e a possível incidência de sangramentos.

Além disso, pessoas que sintam vontade de vomitar em meio a remoção da placa da língua, somente a escovação do tecido com uma escova de cerdas macias já se mostra suficiente.

Efeitos colaterais e riscos a saúde

 

Efeitos colaterais e riscos a saúde?

A raspagem da língua não possui riscos a saúde bucal, mas sim benefícios, devendo ser indolor a todo tempo. 

Em casos de algum tipo de desconforto ou sangramento, o uso do utensílio deve ser evitado. Se o caso estiver fora das contraindicações, o paciente deve observar a força exercida, já que pode resultar nesses sintomas.

Diante do inchaço e de dor na região, ou da piora dos sintomas prévios, o paciente deve parar o uso e consultar imediatamente com seu odontologista.

Afinal, como escolher o melhor raspador de língua?

Tendo em vista que o raspador de língua pode ser encontrado em vários modelos no mercado, antes de sair as compras é importante saber qual é o melhor para você. 

Entrem os possíveis materiais que o raspador pode ser encontrado, são os de inox e plástico os mais utilizados. Logo, na hora de selecionar o modelo ideal é vale considerar formatos que facilitam uma limpeza mais precisa e materiais que permitam uma passagem mais confortável. Opções de desenho anatômico são recomendadas.

Outra característica a se considerar é a presença de cerdas no instrumento, que pode comprometer a sua vida útil e fazer com que a troca ocorra com mais frequência. As cerdas também favorecem a concentração de microrganismos, semelhando a eficiência e resultado das escovas de dente.

Caso a dúvida persista, o paciente pode pedir ajuda e indicações ao dentista.

Raspador de língua e candidíase oral

A limpeza da língua com o raspador é decisiva para a identificação de doenças como a candidíase oral, uma vez que com a passagem conseguimos perceber placas brancas que não são removidas.

A candidíase oral, por sua vez, é causada pelo Candida albicans e que é muito comum em bebês, recebendo o nome de sapinho. Está diretamente ligada a imunidade e em adultos pode está associada a gripes, HIV e doenças crônicas. Seu tratamento também está associado a uma higiene bucal adequada.

Citando outro sintoma, quando as manchas e o mau hálito não é removido, é necessária uma avaliação odontológica para investigar a verdadeira causa do problema. Caso o dentista não identifique nenhuma anomalia da zona bucal, o paciente deve recorrer a análise de um médico.

Raspagem e o tratamento do mau hálito

O tratamento e a prevenção da halitose estão entre os principais motivos da adesão do instrumento de higiene bucal. Com a raspagem da língua, além da remoção dos restos de alimentos também há a retirada de substâncias que causam o odor, nomeadas compostos voláteis de enxofre.

Ainda, pesquisas confirmam que a limpeza da língua com esse item especifico é responsável por uma melhora significativa na saúde bucal. A melhora do mau hálito é gradativa e proporcional aos compostos de enxofre eliminados ao passar de semanas. 

No entanto, pesquisadores se diferem quanto a superioridade do uso do raspador de língua a escovação do local, por isso sendo indicada não a substituição da passagem da escova, mas o uso do limpador como um adicional.

Qual o preço do raspador de língua?

 

Qual o preço do raspador de língua

Assim como os demais instrumentos de higiene bucal, o valor do limpador de língua é variável, considerando principalmente a qualidade do material. 

Veja a média de preço de cada modelo:

Raspador de língua de cobre

O preço varia de R$40 (quarenta reais) a R$80 (oitenta reais).

Raspador de língua de inox

O valor vai de R$20 (vinte reais) a R$50 (cinquenta reais).

Raspador de língua de plástico

Com a maior variação de formatos, pode variar de R$4 (quatro reais) a R$50 (cinquenta reais).

Visitas regulares ao dentista

As visitas periódicas ao dentista são essenciais para que haja a ação preventiva adequada a problemas bucais e o seu diagnóstico e tratamento precoce.

Uma vez feitas regularmente, essas visitas permitem que a sua causa seja tratada em sua fase inicial, impedindo complicações. 

É também no consultório odontológico que o odontologista é capaz de lhe dar orientações pertinentes ao seu caso, tais como uma higienização mais adequada, e mantendo a sua saúde bucal.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário