Saúde Bucal

Tártaro é um problema bucal comum que ocorre pela evolução da placa bacteriana, mais especificamente de sua mineração. Assim como as demais complicações à saúde bucal, ocorre principalmente pela má higienização dos dentes.

É capaz de prejudicar a estética do sorriso e levar a baixa da autoestima. Por sua causa, pode atingir todas as faixas etárias, sendo uma das principais motivações a ida ao dentista.

Os restos de alimentos deixados pela escovação são as principais causas do tártaro, e devem ser combatidos pela adesão de técnicas adequadas.

Saiba mais sobre o tártaro, como tratar e como prevenir. Boa leitura!

O que é tártaro?

O tártaro, também chamado de cálculo dental, é um dano estético ao sorriso e a estrutura da arcada dentária que é caracterizado por manchas brancas ou marrons no esmalte do dente. Essas manchas são niveladas e duras, sendo de fácil identificação.

Muitas pessoas confundem a incidência da placa bacteriana com a de tártaro, entretanto, a diferença está justamente na espessura, já que a placa é “gosmenta” e quando “endurece” dá origem ao tártaro.

Tendo em vista esse fato, o acúmulo de bactérias pela placa dá origem a esse problema. Esse conjunto se deve a atração desses microrganismos deixados na boca pela escovação.

Por fim, as bactérias absorvem os nutrientes dos resíduos e se proliferam ainda mais. Caso a situação não receba o tratamento devido, pode evoluir do tártaro as cáries, e das cáries as doenças no tecido gengival.

No entanto, os danos não se limitam a zona bucal, uma vez que o sangramento causado pela periodontite, pode fazer com que as bactérias entrem na circulação sanguínea e atingem órgãos como o coração, causando a endocardite bacteriana.

tártaro no dente
Mulher realizando a escovação.

O que causa o tártaro no dente?

Como dito, a má higiene bucal é a principal causa do tártaro na boca, já que deixa os resíduos a livre ação das bactérias. A formação das placas bacterianas ocorre de 4 a 12 horas após a refeição, e por isso a necessidade de uma boa escovação logo após se alimentar.

Por sua vez, a adesão de técnicas corretas na escovação não é suficiente para combater o desenvolvimento desses microrganismos, já que há regiões que a escova não consegue atingir.

O uso do fio dental e do enxaguante bucal são extremamente importantes, justamente para que a higiene bucal tenha um melhor resultado.

As complicações do tártaro

Com o tártaro, a liberação do ácido bacteriano pode fazer enfraquecer a estrutura do dente e a desgastar. Esse desgaste, a cárie, que aprofunda no dente, ultrapassa o seu esmalte e atinge a dentina, região mais sensível da dentição.

Com a proliferação dos microrganismos na linha da gengiva, há a irritação do tecido gengival, levando ao inchaço e aos frequentes sangramentos durante as escovações.

É por essa irritação que se identifica a gengivite e a periodontite, essa que enfraquece o suporte dos dentes e em sua fase final pode levar a perda de parte da arcada.

Como tirar tártaro dos dentes?

Ao contrário da placa bacteriana que pode ser removida somente pela boa higienização, a espessura do tártaro permite que a sua remoção seja feita somente pelo dentista através de seu polimento.

O tratamento dessa placa calcificada é feito por meio de ferramentas odontológicas de raspagem. Mesmo que pareça um procedimento simples, na maioria das vezes apenas uma sessão não é necessária, mas isso dependerá da quantidade de placa acumulada

Para quem faz o uso do aparelho ortodôntico, a atenção quanto a higiene bucal deve ser ainda maior durante o tratamento. Deve-se optar por escovas e produtos específicos, evitando que as peças do aparelho impeçam que a limpeza seja bem feita.

Na detecção de manchas na arcada dentária, não hesite em contatar o dentista, já que na ausência do tratamento devido, o quadro pode se agravar e tomar grandes proporções. Existem cremes dentais específicos para o tratamento do tártaro e podem ser uma boa escolha.

Como prevenir o tártaro nos dentes?

A melhor prevenção não só ao tártaro, mas as demais complicações da saúde bucal estão justamente na adesão de bons hábitos, saiba quais são:

Higiene bucal completa e precisa

Sabendo que a passagem de fio dental e o uso do enxaguante é igualmente importante a escovação, devem ser incrementados em nossa rotina. Uma boa ação preventiva a placa bacteriana e suas complicações está na em uma rotina de higiene bucal eficaz.

A realização da escovação deve ser logo ao acordar, entre os intervalos das refeições e ao se deitar, sendo realizada pelo menos 3 vezes por dia. A escova ideal deve possuir cabeça pequena e cerdas macias para atingir mais lugares, e o creme dental deve conter flúor para o combate as bactérias nocivas da boca.

O uso do fio dental é feito para que haja a remoção da placa bacteriana localizada nos espaçamentos da dentição, e o do enxaguante bucal para eliminar os microrganismos restantes da superfície bucal. Ambos devem ser feitos diariamente, acompanhando uma das escovações.

A escovação noturna é considerada a mais importante, sendo a mais indicada para a realização do processo completo.

Alimentação equilibrada

Assim como é importante realizar uma escovação precisa após as refeições, também é igualmente importante ter uma alimentação com base em alimentos saudáveis.

Alimentos industrializados, ricos em doce e amido, tendem a grudar mais facilmente no esmalte dentário. Com isso, são mais fáceis de o processo de higienização os deixarem para trás.

A ação das bactérias nesses alimentos libera um ácido capaz de danificar não só os dentes, mas também trazer o mau hálito.

Prefira sempre alimentos saudáveis, uma alimentação equilibrada promove além da saúde de seu organismo, a sua saúde bucal.

Visitas regulares a clínica odontológica

Para realizar a manutenção da saúde bucal adequada, além da adesão dos bons hábitos, é essencial que as visitas ao dentista aconteçam periodicamente. É apenas pela avaliação e pelo diagnóstico de um odontologista que se identificam problemas bucais, como o tártaro, em sua fase inicial.

Além disso, é só pelas idas à clínica odontológica que se consegue realizar tratamentos regulares no tempo certo, evitando surpresas indesejadas. Procedimentos como a profilaxia, limpeza de dente profissional, colaboram para um sorriso ainda mais harmônico.

Contudo, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

               
Artigo anterior

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário