Especialidades

A tomografia dentária é um tipo de exame odontológico que costuma ser muito pedido por profissionais da área da odontologia.

Ele auxilia na identificação de problemas como tumores, fraturas e também outros problemas de saúde bucal.

Sendo assim, confira mais a respeito da tomografia dentária no artigo abaixo:

O que é tomografia dentária?

A tomografia dentária é um exame utilizado para gerar imagens das estruturas ósseas da face do paciente.

Sendo assim, ela se trata de um exame que fornece ao profissional imagens da arcada dentária do paciente, o que contribui para a realização de um diagnóstico mais rápido e preciso.

Por meio desse exame o dentista consegue avaliar de maneira mais precisa qualquer tipo de problema, pois a tomografia dentária fornece a ele imagens detalhadas das estruturas bucais.

Por conta de ser um exame que fornece uma imagem tridimensional, ela também pode ser utilizada para evitar erros que comprometem outras estruturas ou nervos da boca durante cirurgias.

Para que serve a tomografia dentária?

A tomografia dentária é um exame que pode ser solicitado pelo dentista toda vez que ele necessitar de algum exame que forneça imagens detalhadas a respeito da estrutura da boca.

Isso se deve ao fato desse exame fornecer uma imagem tridimensional das estruturas bucais, possibilitando ao dentista identificar quaisquer tipos de anormalidades.

Sendo assim, esse exame é utilizado para ajudar a identificar complicações que podem acometer a região bucal.

Esse exame também é muito utilizado no ramo protético, especialmente quando falamos da área dos implantes dentários.

Para a implantodontia, ela ajuda a criar imagens virtuais das arcadas dentárias do paciente, auxiliando-o a preparar o planejamento para executar a instalação do implante dentário.

tomografia dente

Como a tomografia do dente é feita?

A tomografia dentária é um exame cuja realização é feita com um equipamento que se diferencia dos tradicionais.

Sendo assim, para a realização desse exame, o paciente senta-se em um sala própria e logo em seguida o aparelho que realizará o exame é ligado.

O aparelho consiste em uma máquina que realiza um giro em torno da cabeça do paciente para assim conseguir fornecer as imagens necessárias.

Durante o giro, o aparelho faz várias imagens da região da boca do paciente e ao finalizar junta todas essas imagens em uma completa da região bucal.

Desse modo, ao juntar todas as imagens em uma só, o aparelho consegue gerar uma imagem 360º graus da região bucal do paciente.

As imagens geradas por esse exame possuem uma qualidade muito boa, o que auxilia os dentistas na hora de avaliarem as possíveis complicações bucais.

Preparo para a tomografia dentária

A realização da tomografia dentária não exige muitos cuidados, porém ainda há a necessidade de tomar cuidados.

Os cuidados necessários para realizar esse exame são retirar objetos metálicos, como cordões e brincos, e o uso dos equipamentos de proteção necessários para realizar o exame.

Em alguns casos também pode ser necessário que o paciente realize um jejum de até uma hora antes da realização do exame.

Qual a diferença entre tomografia dentária e radiografia odontológica?

Ambos os exames fornecem imagens que auxiliam na identificação de complicações bucais, porém, apesar de possuírem o mesmo objetivo, eles consistem em exames diferentes.

Sendo assim, os principais pontos que diferem os dois exames são:

  • A tomografia fornece imagens tridimensionais, o que possibilita a visualização de volumes e afins, enquanto a radiografia só fornece imagens em duas dimensões;
  • A tomografia gera imagens em tamanho real, enquanto a radiologia odontológica sempre gera imagens em tamanho reduzido ou ampliado;
  • O exame de tomografia costuma ser utilizado quando o dentista necessita de uma imagem que o forneça dados exatos a respeito do posicionamento de determinadas estruturas, sejam elas cistos ou implantes. Já a radiografia é utilizada quando há a necessidade de avaliar uma estrutura de maneira mais simples, como por exemplo complicações que afetam os dentes.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista garantem que o dentista possa estar sempre acompanhando a saúde bucal do paciente.

Desse modo, com elas é possível que o dentista identifique complicações bucais antes que elas se tornem problemas severos.

Além do mais, caso necessário, elas também são responsáveis por possibilitar que o dentista possa pedir a realização de exames tais como a tomografia dentária.

Por meio delas, o paciente também consegue relatar qualquer tipo de sintoma anormal que ele esteja sentindo, e assim o dentista consegue iniciar o processo de avaliação para identificar os problemas.

Ele também consegue garantir que o tratamento de problemas como o tártaro e a cárie, sejam tratados logo em seu início, evitando que se tornem complicações severas.

Além disso, por meio delas também é possível efetuar a profilaxia, que é limpeza profissional dos dentes e deve ser feita de 6 em 6 meses para a manutenção da higiene dos dentes.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

               
Próximo Artigo

Deixe seu comentário