Saúde Bucal

Em casos de sintomas como a tosse seca remédios caseiros podem ser alternativas de tratamento e auxiliar no processo de cura.

Neste artigo, você vai conhecer as melhores opções para cada situação e faixa etária:

O que é tosse seca e quais são suas causas?

A tosse seca é o tipo de tosse com mínima ou nenhuma secreção, que costuma incomodar o paciente no período noturno. Sua presença pode indicar alergias ou outras doenças, e quando ocorre de forma repentina pode ser uma forma de defesa do organismo para eliminar microrganismos detectados nas vias respiratórias.

Caso a tosse seca perdure por mais de 3 semanas, é necessário buscar ajuda médica, pois pode indicar sintomas de doenças como refluxo, tuberculose e pneumonia, especialmente se houver outros sintomas presentes, como febre, dores no corpo e fraqueza.

É muito importante que o diagnóstico da causa da tosse seca seja bem realizado, e só após seja administrado qualquer tipo de remédio, até mesmo os caseiros.

As causas da tosse seca podem estar relacionadas com a presença de inflamações, infecções e alergias, mas também podem ser decorrentes de fatores externos, como permanência em ambientes com fumaças e tabagismo.

Chá de gengibre com limão, uma alternativa de remedio caseiro para tosse seca.

Remédio caseiro para tosse seca:

Apesar de aliviar os sintomas da tosse e ser uma alternativa natural, os remédios para tosse seca caseiros não devem substituir os medicamentos prescritos pelo médico, e deve ser mantida uma atenção para as substâncias utilizadas, especialmente em casos onde os pacientes são crianças muito pequenas.

Caso você já tenha consultado um médico e esteja apto a utilizar alguma alternativa caseira para tratar a tosse seca, existem algumas opções com propriedades anti-inflamatórias. Segue alguma delas:

  •       Chá de alcaçuz

Esse chá não deve ser consumido por grávidas, lactantes e pessoas com problemas cardíacos, e possui “glicirrizin” na sua composição, que é uma substância com ação anti-inflamatória e calmante para garganta. Para produzi-lo você irá precisar de:

  •       1 colher de chá de raiz de alcaçuz;
  •       1 xícara de água fervente;
  •       Mel para adoçar a gosto.

Como fazer:

Adicione o alcaçuz na xícara de água fervente, tampe e deixe repousar por 10 minutos. Coe e adoce com mel se desejar. Você pode consumi-lo até 2 vezes ao dia.

  •       Chá de alteia

Esse chá possui algumas contraindicações: crianças, mulheres grávidas ou lactantes, além de pessoas com diabetes, só devem consumir este chá com orientação médica, especialmente esse último, pois podem alterar os efeitos dos medicamentos antidiabéticos e consequentemente os níveis glicêmicos.

O chá de alteia possui propriedade sedativa e anti-inflamatória que auxilia a amenizar a tosse seca. Segue os ingredientes:

  •       1 colher (sopa) de raiz de alteia;
  •       1 xícara de água.

Como fazer:

  •       Ferva a água e adicione a raiz de alteia, e deixe a mistura descansar por 10 minutos. Coe e beba morno logo, até 2 vezes ao dia.

Chá de amor-perfeito

O chá de amor-perfeito apresenta propriedade calmante para a tosse e ainda fortalece o sistema imunológico do paciente. Para ele, você vai precisar de:

  •       1 colher (sopa) de amor-perfeito;
  •       1 xícara de água fervente;

Como preparar:

Ferva a água e adicione as folhas de amor-perfeito. Após, deixe-a repousar por 5 minutos. Coe e tome o chá morno, opcionalmente adoçado com mel.

  •       Chá de gengibre com limão:

Esse chá não deve ser consumido por pessoas que usam anticoagulantes devido à presença do gengibre. Ademais, o mel não deve ser usado para bebês com menos de 2 anos.

Nessa mistura, você encontrará propriedades anti-inflamatórias, que auxiliam na redução da irritação na garganta e nos pulmões, promovendo o descongestionamento das vias aéreas e aliviando a tosse seca.

As crianças também podem tomar esse chá, uma vez que ele não apresenta efeitos colaterais. Para a solução você vai precisar de:

  •       1 cm de raiz de gengibre ou ½ colher de chá de gengibre em pó;
  •       Suco de 2 limões;
  •       1 colher (chá) de mel;
  •       ½ litro de água.

Banner "conheça os planos dentalvidas"

Como preparar:

Ferva o gengibre e a água em fogo brando, até reduzir a mistura à metade do volume inicial, e depois desligue o fogo. Coe a mistura e adicione o suco de limão.

Para adoçar, você pode adicionar 1 colher de chá de mel, que também auxilia na hidratação da garganta e alivia a tosse seca irritativa. Tome 1 colher de sopa deste chá a cada 4 horas, enquanto a tosse persistir.

  •       Chá de hortelã

O chá de hortelã serve para ajudar a limpar, acalmar e anestesiar o local infectado e as mucosas do aparelho digestivo. Para prepará-lo você vai precisar de:

  •       1 colher (chá) de folhas secas ou frescas de hortelã;
  •       1 xícara de água;
  •       1 colher (chá) de mel.

Como preparar:

Aqueça a água até ferver e depois coloque as folhas de hortelã picadas. Após, deixe em repouso por 5 minutos, coe e beba adoçado com mel.

  •       Chá de malva

O chá de malva possui ação anti-inflamatória e que acalma os brônquios. Logo, é uma boa opção para as tosses secas causadas por bronquites. Para a solução, você vai precisar de:

  •       1 colher (chá) de flores ou folhas secas de malva;
  •       1 xícara de água.

Como fazer:

Ferva a água, desligue o fogo, e adicione a malva, deixando-a repousar por 10 minutos. Coe e beba a mistura morna 3 vezes ao dia ou de acordo com a orientação do médico.

  •       Chá de tomilho

O chá de tomilho não pode ser consumido por crianças menores de 12 anos, grávidas, lactantes ou pessoas com histórico de doenças que dependem de estrogênio, como câncer de mama e endometriose.

É rico em timol, carvacrol e γ-terpineno, que auxilia a desinflamar e expectorar, além de acalmar os músculos da garganta. Para prepará-lo você vai precisar de:

  •       1 colher (chá) de tomilho seco ou desidratado;
  •       1 xícara (chá) de água.

Como preparar:

Ferva a água, desligue o fogo e adicione as folhas de tomilho. Tape e deixe descansar por 10 minutos. Coe e beba morno em seguida até 3 xícaras por dia.

A importância dos cuidados da tosse seca com a saúde bucal:

A tosse seca impacta diretamente a saúde bucal, pois quando os cuidados devidos não são realizados você pode apresentar:

  • Irritação na garganta, que causa inflamação e dor, e leva ao surgimento de úlceras na boca e afetar a saúde das gengivas.
  • Deixar a boca seca, o que reduz a produção de saliva e pode levar ao acúmulo de bactérias na boca, aumentando o risco de problemas como cáries, mau hálito e infecções bucais.
  • Sensibilidade nos dentes, o que torna a escovação e a ingestão de alimentos desconfortáveis.

Uma moça tomando chá ao ar livre, como alternativa caseira para tosse seca.

Quais cuidados posso realizar para prevenção da tosse seca:

  • Manter-se sempre hidratado, pois a hidratação ajuda a manter a boca úmida, facilitando a deglutição e evitando o ressecamento da garganta e dos tecidos bucais.
  • Visitar o seu dentista regularmente, pois o profissional poderá avaliar a saúde bucal, identificar problemas precoces e fornecer orientações específicas para cuidados durante esse período.
  • Se alimentar de forma saudável, pois alimentos ricos em vitamina C, como frutas cítricas, podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico e promover a saúde bucal. 
  • Utilizar enxaguantes bucais e outros produtos que podem ser úteis para aliviar a irritação da garganta e proporcionar alívio temporário durante a tosse seca

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista são decisivas para a manutenção dos cuidados com a arcada dentária. Isso porque é pelas visitas ao consultório que o paciente tem acesso aos benefícios de tratamentos como a profilaxia (limpeza profissional).

É também por essa periodicidade que o dentista consegue avaliar o estado da saúde bucal e da dentição, detectar e tratar problemas em sua fase inicial. Pelas avaliações são passadas orientações para com a adesão de bons hábitos da higiene e alimentação.

O indicado é que a frequência seja mantida ao menos 2 vezes ao ano (de 6 em 6 meses).

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família!

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários.

Banner "conheça os planos dentalvidas"

               
Artigo anterior

Deixe seu comentário

Qual o melhor remédio para dor de dente? SAIBA AQUI Quais são os tipos de lesão bucal? DESCUBRA AQUI Cores de aparelho que não desbota? Veja aqui quais são! Qual o melhor remédio para mau hálito? Confira a lista Invisalign: descubra quais são as vantagens do aparelho Como ter os dentes perfeitos dos sonhos? CONFIRA Descubra os tipos de piercing na boca e como cuidar Conheça as causas por trás do DENTE TORTO
Qual o melhor remédio para dor de dente? SAIBA AQUI Quais são os tipos de lesão bucal? DESCUBRA AQUI Cores de aparelho que não desbota? Veja aqui quais são! Qual o melhor remédio para mau hálito? Confira a lista Invisalign: descubra quais são as vantagens do aparelho Como ter os dentes perfeitos dos sonhos? CONFIRA Descubra os tipos de piercing na boca e como cuidar Conheça as causas por trás do DENTE TORTO